CINTESIS leva inovação à Mostra da U.Porto

O CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços da Saúde vai participar este ano, pela primeira vez, na Mostra da Universidade do Porto, que se realiza entre os dias 20 e 23 de abril no Pavilhão Rosa Mota (Porto).

Numa iniciativa que visa dar a conhecer à comunidade as suas atividades e a sua nova imagem, o CINTESIS vai integrar a ala da feira onde estarão presentes os mais importantes Centros de Investigação da Universidade.

Durante os quatro dias do evento, o CINTESIS vai refletir a multiplicidade de projetos que incorpora, com um stand composto por três áreas: uma dedicada à investigação, outra dedicada às suas spin-offs e uma terceira focada na vertente institucional onde será promovido o CINTESIS’ Quizz – um jogo que vai pôr à prova os conhecimentos dos participantes sobre este Centro de Investigação. Os investigadores desta Unidade de I&D vão ainda promover mais de uma dezena de palestras no palco principal da Mostra.

No dia 20, quinta, o CINTESIS apresenta os projetos ActiveAdvice e CPR Personal Trainer, bem como a spin-off FASTinov. O projeto ActiveAdvice vai testar a primeira versão de uma plataforma que reúne tecnologias da saúde para os mais velhos, pedindo aos mais jovens que criem a app perfeita para a avó! Mais tarde, os investigadores responsáveis pelo CPR Personal Trainer apresentarão o seu protótipo de reanimação cardiorrespiratória, que possibilitará que os participantes da Mostra aprendam a realizar uma manobra que salva vidas. Em paralelo, durante todo o dia, os participantes podem conhecer e saber como funciona o kit desenvolvido pela FASTinov que vai permitir diagnosticar em tempo recorde os agentes causadores de infeções.

Para sexta, ficam reservadas as participações dos projetos NanoSTIMA e Deus Ex Machina e da spin-off Medida. Promovido em cooperação com outros centros de investigação, o NanoSTIMA explora o potencial da Matemática na Medicina. Na Mostra, os cientistas vão demonstrar, através de jogos interativos, como é possível melhorar os diagnósticos clínicos através das probabilidades. Dedicado ao estudo da insuficiência cardíaca, o projeto Deus Ex Machina vai apresentar o SMARTBEAT – uma aplicação que mede a pulsação e o ritmo cardíaco à distância e a Medida colocará à disposição dos jovens várias apps na área da saúde respiratória, sempre com uma forte componente lúdica associada.

No sábado, dia 22, o stand do CINTESIS será conduzido pelos projetos METIS e pelas spin-offs HealthySystems e VirtualCare. O METIS é uma plataforma online que congrega mais de mil artigos sobre saúde numa linguagem clara e acessível. Simultaneamente, a HealthySystems vai mostrar as suas soluções de segurança informática e a VirtualCare vai promover demonstrações de um software que promete revolucionar o que sabemos sobre as gestações e os partos em Portugal – o ObsCare.

A participação do CINTESIS na Mostra encerra no domingo com a apresentação dos resultados do projeto IoGeneration e da spin-off IS4Health. O projeto IoGeneration permitiu demonstrar que as crianças portuguesas têm défice de iodo, o que as impede de desenvolver as suas competências cognitivas de forma ótima. Na Mostra, os cientistas vão realizar, com os participantes, experiências para verificação da quantidade de iodo no sal de cozinha. A participação da IS4Health assegura a presença do IS4Learning – um estetoscópio digital desenvolvido por investigadores do CINTESIS que tem promovido a qualidade do ensino médico da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e de outras instituições internacionais.

Recorde-se que a Mostra da U.Porto é um evento de grande impacto social, que contabiliza mais de 18 mil visitantes, entre alunos do Ensino Secundário, jovens universitários, professores e outros participantes.