CAUP: 24 anos de Investigação, Formação e Divulgação

A formação e investigação em astronomia e astrofísica juntam-se à divulgação científica nos três vértices que compõem a missão do CAUP.

O Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) completou no passado dia 4 de maio, 24 anos ao serviço da promoção da investigação científica, da formação e da divulgação em astronomia e astrofísica.

Desde a sua criação em 1989, por iniciativa da Universidade do Porto e da Fundação Gomes Teixeira (membros fundadores), o CAUP tornou-se o maior e mais produtivo centro de investigação nacional na área da astrofísica, com um total de 705 artigos publicados e 21098 citações. Uma contribuição que se revelou fundamental para que a Universidade do Porto surja hoje no top 100 do ranking das maiores instituições na área das ciências do espaço, ocupando neste momento a posição 136 no ranking de citações do Web of Knowledge. No caso de citações por publicação, a U.Porto consegue um destaque ainda maior, chegando à posição 64, a par da Universidade de Cambridge e do Harvard Smithsonian Center for Astrophysics.

Evolução do número de publicações assinadas por investigadores do CAUP, entre 1990 e 2012.

A nível da formação o CAUP tem sido instituição de acolhimento de muitos estudantes de mestrado e doutoramento. Este esforço foi recentemente reconhecido pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), com a aprovação da rede de doutoramento em ciências do espaço PhD::SPACE, coordenado pela Universidade do Porto e em parceria com a Universidade de Lisboa. Esta rede vai proporcionar 20 novas bolsas de doutoramento nos próximos 4 anos.

Na divulgação e promoção da cultura científica o CAUP foi pioneiro sendo um dos primeiros centros de investigação a integrar na sua estrutura uma unidade de divulgação e ensino não formal da astronomia. Nas inúmeras ações de contato direto com o público, o CAUP envolveu mais de 700 mil pessoas.