As U-bikes estão a chegar à U.Porto…

As U-bikes já se encontram a circular na U.Porto. (Foto: U.Porto)

As primeiras bicicletas já começaram a ser distribuídas, mas só agora é que a Universidade do Porto vai arrancar em pleno com o Projeto U-bike, a iniciativa que, ao longo do ano letivo, vai disponibilizar mais de 250 bicicletas elétricas e convencionais para uso regular e gratuito da comunidade académica.

O projeto arrancou no mês de outubro com a entrada em circulação das primeiras U-bikes convencionais pelo Centro de Desporto da U.Porto (CDUP-UP). Segue-se a entrega das versões elétricas. “Durante o mês de novembro esperamos ter mais de 120 membros da U.Porto a pedalar na cidade”, aponta José Miguel Moreira, elemento do CDUP-UP responsável pela coordenação do projeto na Universidade.

Algumas das novas bicicletas serão entregues já na manhã do próximo dia 9 de novembro, durante a sessão que vai assinalar o lançamento oficial do Projeto U-bike na U.Porto. A decorrer a partir das 11h40, no edifício da Reitoria, a cerimónia contará com a presença do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, do Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, do Reitor da U.Porto, António de Sousa Pereira, e de representantes do Instituto da Mobilidade dos Transportes (IMT) e do POSEUR.

Recorde-se que desde o início do presente ano letivo, o Projeto U-bike tem marcado presença em vários eventos da U.Porto. Foi o caso da Receção aos Novos Estudantes, no passado mês de sembro, em que os “caloiros” da Universidade puderam experimentar e esclarecer algumas questões sobre o projeto.

A atribuição de cada uma das bicicletas foi definida através de um processo de candidatura – concluído em junho deste ano – aberto a todos os membros da comunidade académica da U.Porto. Uma vez atribuída a bicicleta, e para permanecerem com a sua U-Bike durante a totalidade do tempo atribuído na candidatura (6, 9 ou 12 meses), os utilizadores deverão utilizá-la no seu dia-a-dia, de forma a perfazer uma média diária mínima de sete quilómetros. Para o efeito, todos os quilómetros são monitorizados por uma plataforma exclusiva da Universidade do Porto, que permite controlar todos os indicadores , nomeadamente o impacto ambiental positivo do projeto, assegurando ao mesmo tempo “uma função de segurança do equipamento e do utilizador ao monitorizar todos os percursos que cada bicicleta realiza”, explica José Miguel Moreira.

Para permanecerem com a U-bike durante a totalidade do tempo atribuído na candidatura, os utilizadores devem perfazer uma média diária de 7 km com a bicicleta. (Foto: U.Porto)

No total, o projeto U.bike envolve 15 instituições de ensino superior nacionais e deverá colocar em circulação mais de 3.200 bicicletas (2.096 elétricas e 1.138 convencionais) em todo o país. Para além de estimular a prática de exercício físico entre os estudantes universitários, pretende-se ajudar a diminuir a utilização de transportes emissores de gases poluentes.

O projeto U-Bike Portugal é cofinanciado pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (PO SEUR), Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo de Coesão.

Mais informações em cdup.up.pt/ubike ou através do e-mail ubike@cdup.up.pt.