Alumni da U.Porto vencem o Festival de Cinema Mostrarte

"Terra Mãe"

“Terra Mãe” retrata o dia a dia de uma família de Boticas, Trás-os-Montes. (Foto: DR)

O documentário “Terra Mãe”, realizado por Ricardo Couto, antigo estudante do curso de Ciências da Comunicação da Universidade do Porto, foi o grande vencedor da primeira edição do Mostrarte, Mostra Académica de Artes e Imagem, ao arrebatar três dos prémios a concurso num festival que reuniu no Porto o melhor do cinema académico a nível nacional.

"Terra Mãe" | Equipa

Sara Marques (à esq.) e Ricardo Couto (ao centro) são licenciados em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto (Foto: DR)

Da autoria de Ricardo Couto, Sara Marques (também ela antiga estudante de Ciências da Comunicação da U.Porto), Fábio Coelho e Sara Lemos, todos eles atuais estudantes do Mestrado em Cinema Documental da ESMAE, Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo, “Terra Mãe” aborda o dia a dia de uma família de Boticas, Trás-os-Montes. Filmado no âmbito de uma residência artística, o documentário “pretende um olhar de dimensão poética para o quotidiano dos habitantes dessa terra transmontana. Os percursos individuais e o cruzamento destes evidenciam uma vida de forte ligação à terra, nomeadamente, à agricultura e pecuária”, apresenta Ricardo Couto.

Para além do Grande Prémio atribuído pelo júri do Mostrarte, o filme arrecadou também o prémio de Melhor Documentário e o prémio do Público.

O Mostrarte decorreu entre 2 e 7 de novembro na Biblioteca Municipal Almeida Garrett. Os vencedores foram anunciados no passado dia 8 de novembro.

Para os interessados, “Terra Mãe” vai passar no próximo dia 18 de novembro, às 22h00, no espaço Maus Hábitos, no ambito do festival Shortcutz. A entrada é livre.

Candidato ao Prémio Sophia Estudante

O documentário realizado pelos quatro estudantes portuenses está entre os nove nomeados para a edição deste ano do Prémio Sophia Estudante, na categoria de Documentário. O galardão será entregue no próximo dia 20 de novembro, no CCB, em Lisboa