Daniela Braga

Licenciada em em Línguas e Literatura pela Faculdade de Letras da U.Porto, trabalhou oito anos na Microsoft, nos EUA. (Foto: DR)

Depois de oito anos a trabalhar na Microsoft, nos EUA, Daniela Braga decidiu fundar a sua própria empresa, a DefinedCrowd. Estávamos em 2015. Hoje, a empresa que criou está entre as 100 mais promissoras empresas de inteligência artificial do mundo.

Daniela Braga nasceu no Porto, mas, por motivos profissionais, é em Seattle que vive. Começou a formação académica com uma licenciatura em Línguas e Literatura pela Faculdade de Letras da U.Porto (em 2000), mas decidiu solidificar o percurso com o mestrado em linguística aplicada e com o doutoramento em Tecnologia do Discurso pela Universidade da Corunha.

Incubada na UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da U.Porto, a DefinedCrowd é especializada em recolher, estruturar e enriquecer dados de treino para inteligência artificial, combinando técnicas de machine learning (aprendizagem automática) e human-in-the-loop (modelo que requere interação humana), para viabilizar o desenvolvimento linguístico de robôs.

Fundada em 2015, a DefinedCrowd tem hoje escritórios no Porto, Lisboa, Seattle e Tóquio, e emprega mais de 95 colaboradores. (Foto: DR)

Recentemente, a empresa foi considerada uma das 100 melhores e mais promissoras empresas de inteligência artificial do mundo, de acordo com o ranking anual da consultora CB Insights, que destaca projetos que estão a revolucionar o mercado da inteligência artificial.

Com escritórios no Porto, Lisboa e Seatle, a empresa de Daniela Braga já arrecadou mais de 11,6 milhões de euros em investimento e emprega mais de 95 colaboradores.

– Naturalidade? Porto

– Idade? Tenho mesmo de revelar? 😉

– De que mais gosta na Universidade do Porto?

Da disciplina e do rigor.

– De que menos gosta na Universidade do Porto?

Acho que o plano curricular poderia estar mais vinculado à realidade profissional.

– Uma ideia para melhorar a Universidade do Porto?

Oferecer um plano curricular mais flexível, em que os alunos consigam definir o seu próprio caminho ao longo dos seus estudos.

– Como prefere passar os tempos livres?

A fazer atividades ao ar livre.

– Um livro preferido?

Toda a obra de Eça de Queirós.

– Um disco/músico preferido?

Queen.

– Um prato preferido?

Bacalhau no forno.

– Um filme preferido?

Kill Bill.

– Uma viagem de sonho?

Fazer a travessia transatlântica de catamaran entre Portugal e a América.

– Um objetivo de vida?

Nunca parar de aprender.

– Uma inspiração?

A natureza.

– O projeto da sua vida…

… é ter sempre um projeto.

– A DefinedCrowd está entre as 100 melhores empresas de inteligência artificial do mundo, e há vários exemplos de empresas portuguesas a posicionarem-se internacionalmente como especialistas em tecnologia. Qual considera ser o principal fator para a qualidade da inovação produzida em Portugal?

A qualidade das universidades portuguesas e do nosso sistema de ensino.