U.Porto aprofunda cooperação com a China

China02

O acordo de cooperação entre a U.Porto e as universidades chinesas foi assinado pelo Pró-Reitor Carlos Brito.

A Universidade do Porto é uma das entidades fundadoras da parceria estabelecida entre instituições de Ensino Superior da província chinesa de Jiangsu, da região administrativa de Macau e dos países de Língua Portuguesa.

O acordo foi finalizado no dia 23 de outubro, em Macau, onde a Universidade do Porto esteve representada pelo Pró-Reitor Carlos Brito. O memorando de entendimento preconiza o aprofundamento das relações de cooperação entre as instituições de língua portuguesa e as universidades chinesas, em particular nas áreas de Humanidades, Engenharia, Tecnologia, Gestão e Desporto.

A República Popular da China pretende desenvolver a massa crítica das suas instituições de ensino superior e considera os países de Língua Portuguesa como parceiros estratégicos para adquirir o conhecimento e as competências necessárias à persecução desse objetivo. Este acordo de cooperação abre portas à possibilidade de bolsas para mobilidade para a China de docentes, investigadores e estudantes das universidades portuguesas.

Enquadrado na estratégia “Uma Faixa, Uma Rota”, o plano delineado pelo governo chinês para o período 2015-2020 estabelece que a Província de Jiangsu é a região responsável pelo desenvolvimento de parcerias com os países lusófonos, cabendo a Macau o papel de plataforma capaz de assegurar uma interface para entendimentos nas diferentes áreas do conhecimento.

Esclareça-se que a Província de Jiangsu, tendo uma área pouco superior à de Portugal Continental, possui uma população de 80 milhões de habitantes, sendo a segunda com maior contributo para o PIB chinês.

Esta missão das universidades portuguesas à China realizou-se no âmbito da Cimeira para o Desenvolvimento Comercial e Industrial da Província de Jiangsu, de Macau e dos Países de Língua Portuguesa. Para além da Universidade do Porto, representavam o nosso País as universidades de Aveiro e de Évora.