Startup do UPTEC entre as 50 empresas tecnológicas que mais cresceram

A Adclick marcou presença na edição 2013 da OMExpo Madrid. (Foto: DR)

Adclick, empresa de marketing digital incubada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da U.Porto, está entre as 50 empresas tecnológicas da Europa, Médio Oriente e África com maior nível de crescimento. Segundo o relatório anual Deloitte Technology Fast 500 EMEA, a startup portuense é a empresa portuguesa do sector que apresenta o maior volume de negócios nos últimos cinco anos, ocupando a 44.ª posição do ranking.
Nuno Morais, sócio fundador da empresa, partilha o entusiasmo de a Adclick conseguir “o melhor resultado de sempre de uma empresa portuguesa, e que traduz o trabalho e dedicação de toda a equipa e parceiros”.

No primeiro lugar do top nacional, a Adclick apresentou um crescimento de volume de negócios de 3113%, o que significa que multiplicou por 30 a sua facturação, nos últimos cinco anos. De acordo com Pedro Roque, sócio fundador da empresa, este resultado reflecte “a grande aposta interna em I&D, ligando a tecnologia de topo ao marketing digital e fazendo jus ao investimento efectuado em pleno contraciclo económico”.

A Adclick está no sector do Marketing Digital de Performance, onde as empresas são remuneradas pelos resultados obtidos. Com apenas 5 anos, a Adclick emprega uma equipa de 65 profissionais, em Portugal e no Brasil, exporta 85% da sua facturação e já tem os olhos postos na Polónia para 2014.

A empresa incubada no UPTEC já está no mercado em 16 países e em quatro verticais – finanças, seguros, educação e entretenimento –  prevê atingir, já este ano, 4,3 M€ de facturação. “Este crescimento ambicioso espelha a firme determinação dos fundadores da empresa em construírem um negócio inovador e de relevância internacional. Nos próximos 5 anos planeamos continuar a crescer a este ritmo” afirma Cláudio Fernandes, também sócio fundador da Adclick.

Na 13ª edição do ranking anual Deloitte Technology Fast 500 EMEA, Portugal destaca-se com 13 empresas portuguesas. De mais de mil candidaturas, a Delloite classifica empresas públicas ou privadas de tecnologia, media, telecomunicações, ciências da vida e tecnologias verdes em 24 países das regiões da Europa, Médio Oriente e África, com base na percentagem de crescimento nos últimos cinco anos.