Porto e Vigo fortalecem cooperação em cimeira inédita

Cimeira Porto - Vigo

Os reitores Salustiano Mato e Sebastião Feyo de Azevedo conduziram os trabalhos desta cimeira inédita.

As universidades do Porto e de Vigo vão criar equipas de investigação conjuntas para concorrer aos financiamentos europeus previstos no quadro do Horizonte 2020. Este foi a principal conclusão da primeira cimeira bilateral entre as equipas reitorais das duas instituições, que se realizou no dia 22 de abril, em Vigo.

Pela primeira vez, reitores, reitores, vice-reitores e pró-reitores de Porto e de Vigo sentaram-se à mesma mesa para discutir formas de aprofundar a cooperação entre as duas universidades, lançando as bases de trabalho para futuras parcerias nos domínios do ensino, da investigação e da organização das instituições.

A construção de projetos comuns de investigação foi uma das primeiras possibilidades de parceria identificadas pelas duas equipas reitorais, nomeadamente nas áreas de I&D estratégicas comuns a ambas as universidades: a engenharia, a energia, a bioengenharia, a biomedicina, as telecomunicações e o mar.

Cimeira Porto Vigo

O vice-reitor Pedro Teixeira e o pró-reitor Fernando Remião participaram no grupo de trabalho sobre Organização Académica.

Nesta área em particular, ambas as universidades da costa Atlântica detêm estruturas dedicadas à investigação e empreendedorismo de atividades relacionadas com o mar – o Campus do Mar, em Vigo, e o Polo do Mar, no Porto – onde a cooperação entre as duas instituições é já uma realidade.

Como os reitores Salustiano Mato (Vigo) e Sebastião Feyo de Azevedo (Porto) reconheceram na apresentação pública das conclusões desta cimeira inédita, esta é uma parceria natural, uma vez que as duas universidades, apesar de sedeadas em países diferentes, encontram-se a apenas hora e meia de distância. Uma parceria que abre portas para que as universidades do Porto e Vigo possam partilhar experiências e conhecer de perto os projetos de sucesso de cada instituição.

Cimeira Porto - Vigo

Maria João Ramos e Carlos Brito foram os representantes do Porto no grupo de trabalho sobre Investigação e Empreendedorismo.

A cimeira decorreu sob a forma de três grupos de trabalho sectoriais (organização académica e oferta formativa; investigação, inovação e empreendedorismo, governação e estrutura interna), onde os membros de cada equipa reitoral desenharam com os seus homólogos propostas concretas de cooperação interinstitucional.

No primeiro grupo de trabalho, dedicado à organização académica e oferta formativa, foram debatidas questões como as duplas titulações de cursos, homologações, equivalências e inovação pedagógica, mas as primeiras conclusões apontam para a criação de uma oferta de cursos conjuntos de graduação e pós-graduação orientados para os estudantes internacionais, de forma a que as duas universidades se possam afirmar como porta de entrada para a Europa dos estudantes sul-americanos.

Cimeira Porto Vigo

O vice-reitor Rui Ramos participou no grupo de trabalho sobre governação e organização interna.

No grupo de trabalho sobre investigação e desenvolvimento, para além da coordenação de candidaturas a financiamentos europeus, ficou estabelecido que os primeiros esforços de cooperação incidirão sobre a partilha de infraestruturas de investigação científica e o intercâmbio de experiências de empreendedorismo, criação de empresas e valorização económica do conhecimento gerado em ambas as universidades.

Já no grupo dedicado à governação das instituições, as principais resoluções centraram-se na possível integração de sistemas de e-governance e administração eletrónica, para além da colaboração em projetos de eficiência energética e de infraestruturas informáticas.