Jovem Investigadora em Eletroquímica do ano é da FCUP

diana_fernandes_fcupDiana Fernandes, investigadora do REQUIMTE/LAQV – Laboratório Associado para a Química Verde a fazer um pós-doutoramento no Departamento de Química e Bioquímica da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), é a vencedora da edição 2014 do Prémio de Jovem Investigador em Eletroquímica, uma iniciativa da Sociedade Portuguesa de Eletroquímica (SPE) que distingue anualmente os novos talentos que se destacam pela sua atividade de investigação científica naquele campo do conhecimento.

Aos 34 anos, Diana Fernandes tem dedicado o seu ainda curto percurso a idealizar e construir novos materiais inorgânicos, híbridos (inorgânicos/orgânicos) e nanocompósitos à base de materiais de carbono. É de resto esse trabalho que vem desenvolvendo no âmbito do pós-doutoramento na FCUP (sob orientação de Cristina Freire), centrado na aplicação desses materiais na área das energias renováveis.

No caso específico do Prémio de Jovem Investigador em Eletroquímica, o júri valorizou sobretudo o trabalho relacionado com a preparação de novos nanomateriais passíveis de serem utilizados na construção de sensores electroquímicos para determinação de poluentes ou biomoléculas. “Estes materiais podem ser também aplicados na preparação de células de combustível e super-condensadores”, explica Diana Fernandes.

“Este prémio é muito importante para mim porque, em primeiro lugar, é um reconhecimento do trabalho que tenho vindo a desenvolver nos últimos anos. Por outro lado, porque pode ser uma mais valia na progressão da carreira nomeadamente quando tentar concorrer a um lugar de investigador FCT”, aponta a investigadora.

Natural de Barcelos, Diana Fernandes é licenciada em Química na Universidade de Évora (2005) e doutorada na mesma área, pela Universidade de Aveiro (2010). Autora de dezenas de publicações em revistas da especialidade, está na U.Porto desde 2011, como bolseira de Pós-Doutoramento e investigadora do REQUIMTE, unidade de investigação parceira da FCUP.

O Prémio Jovem Investigador em Eletroquímica da SPE 2014 será entregue durante o Encontro da Sociedade Portuguesa de Eletroquímica, que terá lugar em outubro (21 a 23), na Universidade do Minho.

Sobre o prémio

O Prémio Jovem Investigador em Eletroquímica da SPE visa premiar a atividade de investigação científica em Eletroquímica, traduzida na publicação de artigos científicos em revistas de reconhecido mérito e na revista da Sociedade (Portugaliae Electrochimica Acta), bem como de patentes. O galardão destina-se a investigadores de unidades de investigação nacionais, há pelo menos três anos, que sejam residentes em Portugal e tenham menos de 40 anos, à data do fim do prazo da candidatura.