FDUP vence competição nacional de Direito Constitucional

A equipa “Logos” foi a vencedora do Moot Court Nacional de Direito Constitucional 2016/2017. (Foto: organização do evento)

É disputado entre as diferentes faculdades de Direito portuguesas e junta uma dezena de equipas de estudantes que “discursam” pela vitória. Trata-se do Moot Court Nacional de Direito Constitucional, uma competição universitária de simulação de julgamento na área do Direito Constitucional e organizada rotativamente por várias faculdades, onde se sagrou vencedora a equipa “Logos“, composta por Luís Noronha, Francisco Ribeiro, Pedro Ribeiro, Benedita Sequeira, todos estudantes do 1º ano da Faculdade de Direito da U.Porto (FDUP). Os vencedores terão a oportunidade de fazer um estágio de Verão, numa das sociedades de advogados parceiras do evento.

A edição 2016/2017 – este ano organizada pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra – realizou-se nos passados dias 2 e 3 de maio, e a respetiva final contou como júri com José Carlos Vieira de Andrade, da FDUC, Maria Lúcia Amaral, da FDUNL e ex-Vice-Presidente do Tribunal Constitucional, Luísa Neto, da FDUP, Mário Esteves de Oliveira, da Vieira de Almeida & Associados, Nuno Peres Alves, da Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados, e Paulo Rangel, deputado do Parlamento Europeu.

Também acompanhada por Juliana Ferraz Coutinho (a docente com as responsabilidades de “coaching”), esteve a equipa “Quid Iuris”, composta por Ana Guedes, Ana Pereira, Júlio Ventura e Miguel Nascimento, também eles estudantes do 1.º ano na FDUP.