Estudante Erasmus 3 milhões é da U.Porto

Tiago Lima passou cinco meses na Universidade de Gent (Bélgica) a estudar engenharia física.

Como forma de celebrar a marca dos 3 milhões de estudantes envolvidos no Programa Erasmus desde a sua criação, em 1987, a Comissão Europeia  e a Erasmus Student Network (ESN) foram à procura dos estudantes que melhor representavam o espírito do programa. Em Portugal, e após um processo de seleção que envolveu mais de 1800 estudantes que fizeram Erasmus em 2012/2013, a escolha recaiu sobre Tiago Lima, estudante do Mestrado Integrado em Engenharia Física da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) que passou cinco meses na Universidade de Gent (Bélgica).

Num testemunho publicado pela Comissão Europeia, o estudante da U.Porto refere que participar no Erasmus foi a concretização de “um sonho secreto. Uma vez que nunca tinha viajado para fora de Portugal, o Erasmus pareceu-me a desculpa perfeita para sair e explorar o mundo”, recorda, nomeando como objetivos da experiência a possibilidade de “aprender uma nova língua, conhecer novas pessoas e aprender como é que a Física é ensinada lá fora”.

O" Erasmus é uma oportunidade para sair da nossa concha", diz o estudante da FCUP.

“Ir de Erasmus foi a experiência mais marcante que tive em toda a minha vida até ao momento. Conheci muitas pessoas diferentes, visitei muitas cidades, fiz amigos fantásticos e expandi os meus horizontes tanto a nível profissional como pessoal”, descreve Tiago Lima, no balanço de uma experiência da qual diz ter saído “uma pessoa melhor, com uma perspetiva mais ampla sobre a vida. O Erasmus é uma oportunidade para sair da nossa concha”.

Tiago Lima realça ainda que ser o estudante Erasmus 3 Milhões de Portugal  é uma distinção “muito gratificante e ajuda-me a tornar esta experiência mais sólida e viva, deixando-me com vontade de me continuar a aventurar por esse mundo à procura das melhores oportunidades que este tem para me dar; pois elas andam aí e nós temos que as aproveitar.

Esta é a segunda vez que um estudante da U.Porto é escolhido para assinalar um marco histórico na vida do programa Erasmus. Em 2009, Mariana Pinto da Costa, então estudante do Intituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS),  esteve entre os 31 estudantes – um por cada país participante (atualmente são 33)-  selecionados pela Comissão Europeia  para representarem simbolicamente o “estudante Erasmus 2 milhões”.