Especialistas internacionais debatem na FMUP a importância da saúde oral

Dores de cabeça, vertigens, dor de ouvido e a apneia do sono são apenas algumas das patologias que podem estar associadas à saúde oral.

Dores de cabeça, vertigens, dor de ouvido e a apneia do sono são apenas algumas das patologias que podem surgir quando existem problemas na nossa saúde oral. Para debater estes distúrbios e promover a troca de conhecimento, a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) promove, a 6 e 7 de outubro, um congresso internacional focado na temática.

O evento, que se debruça sobre um problema de saúde dos tempos modernos – muitas vezes dessepultado pelo nosso estilo de vida – reúne centenas de médicos de especialidades como estomatologia, reumatologia, fisiatria, cirurgia maxilofacial, anestesiologia, pneumologia e, ainda, médicos dentistas e fisioterapeutas.

Durante a iniciativa serão apresentados diversos painéis de debate onde se destacam oradores internacionais como Lourdes Maniegas (Espanha), que analisará a apneia do sono, e Eduardo Miyashita, especialista em reabilitação oral dos dentes. O congresso conta, também, com intervenções dos americanos Richard Ohrbach e Jay Shah, que analisarão questões como a evolução da patologia, mecanismos para a terapia da dor e estratégias para o futuro. A cirurgia minimamente invasiva como forma de tratamento será abordada pelo especialista espanhol Rafael Martín Granizo.

Para o correto diagnóstico desta patologia, os especialistas da área recorrem a uma ferramenta de diagnóstico (DC/TMD) que acaba de ser adaptada à língua e cultura portuguesa. A adaptação oficial desta ferramenta ficou a cargo da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e o trabalho desenvolvido até ao momento será apresentado durante o evento.