U.Porto estabelece acordo de cooperação com a Universidade do Luxemburgo

A assinatura do protocolo com a Universidade do Luxemburgo está inserida na visita oficial do Presidente da República ao país situado na Europa Ocidental.

No dia 23 de maio, o Presidente da República inicia uma visita oficial de três dias ao Luxemburgo, acompanhado de uma comitiva que integra o Reitor da Universidade do Porto, Sebastião Feyo de Azevedo, que irá assinar um protocolo de cooperação entre a U.Porto e a Universidade do Luxemburgo, na presença de Marcelo Rebelo de Sousa.

Este “diálogo” inaugurado com a Universidade do Luxemburgo visa o desenvolvimento da colaboração entre as duas instituições, cuja primeira concretização será a criação de um Joint Master Degree entre o Departamento de Estudos Germanísticos da Faculdade de Letras da U.Porto, e as universidades do Luxemburgo, Mainz (Alemanha) e de Palermo (Itália).

O protocolo assinado com a instituição de ensino superior do Luxemburgo, um país que se encontra no centro da Europa e muito próximo dos centros de decisão da União Europeia, abre uma janela de oportunidades a vários níveis, designadamente na área dos serviços à comunidade e da relação com o tecido económico. O Luxemburgo, recorde-se, tem atraído grandes empresas de tecnologia, o que gera, igualmente, oportunidades a nível de empreendedorismo e emprego qualificado.

Segundo Sebastião Feyo de Azevedo, “as instituições do ensino superior permitem uma cooperação baseada não só nos fatores culturais que ligam as duas nações, mas também em fatores de desenvolvimento centrais, como a investigação científica, a inovação tecnológica, a criação artística e o estudo humanístico.”

A assinatura do protocolo está agendada para a tarde de quarta-feira, 24 de maio, onde o Presidente da República e o Reitor da U.Porto vão encontrar-se com estudantes e professores portugueses da Universidade do Luxemburgo.