U.Porto coordena projeto de promoção da mobilidade entre América Latina e Europa

A reunião de lançamento do projeto Rec-Mat decorreu de 6 a 8 de março, na Reitoria da U.Porto.

A Universidade do Porto foi selecionada pela União Europeia para liderar um projeto europeu que pretende facilitar a mobilidade de estudantes entre a América Latina e a Europa ao contribuir para a redução de barreiras relacionadas com o processo de reconhecimento académico e creditação de estudos entre instituições dos dois lados do Atlântico.

Intitulado Recognition Matters (Rec-Mat), o projeto reúne 11 instituições de Ensino Superior de 6 países europeus e latino-americanos que, ao longo dos próximos três anos, vão trabalhar em conjunto para desenvolver novos processos que facilitem o processo de reconhecimento académico entre as universidades dos dois continentes.

Com um orçamento global de 650 mil euros, financiados pela Comissão Europeia através do programa Erasmus+, o projeto Rec-Mat propõe-se envolver os departamentos de Relações Internacionais e Académicos das universidades envolvidas, mas também docentes, decisores dos processos de reconhecimento, técnicos de sistemas de informação, para dar resposta aos desafios que os diferentes sistemas de Ensino Superior, princípios e práticas de formações académicas colocam ao reconhecimento de graus entre instituições da Europa e da América Latina.

Para isso, pretende-se colocar docentes latino-americanos mais “resistentes” aos processos de mobilidade e distantes da lógica de Bolonha com colegas mais experientes das suas instituições bem como dos parceiros europeus em ações de formação combinada (blended learning) com uma componente física e online.

Projeto coordenado pela U.Porto reúne 11 instituições de ensino superior de 6 países europeus e latino-americanos.

O objetivo final será levar o tema a um debate alargado nos dois lados do Atlântico, através da publicação de um compêndio de estudos de caso e da organização de eventos públicos nacionais e internacionais, encorajando outras instituições a adotar procedimentos mais transparentes e a partilhar os resultados inovadores que poderão vir a ser atingidos.

São estes objetivos e atividades que foram discutidos na Reitoria da Universidade do Porto, de 6 a 8 de março, durante a reunião de lançamento do projeto Rec-Mat. Ao longo de três dias, cerca de 20 técnicos e docentes europeus e latino-americanos tiveram a oportunidade de debater formas de colocar em prática os objetivos do projeto e próximas ações a realizar neste âmbito.

Estiveram presentes neste encontro inaugural representantes das 11 instituições que fazem parte deste projeto: SGroup European Universities’ Network (Bélgica), Universidade de Gent (Bélgica), Universidade Lille 3 (França), Universidade de Valladolid (Espanha), Universidad Nacional del Litoral e Universidad Nacional del Sur (Argentina), Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Universidade Federal do Rio de Janeiro e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Brasil), para além da própria Universidade do Porto. A este grupo juntam-se ainda como parceiros associados a AUGM – Asociación de Universidades Grupo Montevideo (Uruguai) e a FAUBAI – Associação Brasileira de Educação Internacional.