GAPI 3 chega ao fim com resultados promissores

BIP01

O Business Ignition Programme (BIP), um programa de aceleração de tecnologias que contou com a participação de 10 equipas, foi uma das iniciativas promovidas pela U.Porto.

O balanço não podia ser mais positivo e, somando os resultados alcançados por cada uma das entidades envolvidas no projeto GAPI 3 (IPN, U.Aveiro, U.Évora, U.Coimbra, U.Porto, TecMinho), é possível concluir que a iniciativa contribuiu em grande escala para o fomento do empreendedorismo e promoção da inovação a nível nacional. Durante os dois anos do projeto foram identificadas mais de 300 tecnologias, tiveram lugar 10 concursos de ideias de negócio, 50 ações de capacitação com mais de 3000 participantes, foram apresentadas mais de 100 start-ups a investidores e criaram-se 75 empresas.

A Universidade do Porto, através da U.Porto Inovação, teve um papel ativo nos resultados apresentados, sendo exemplo disso as empresas AddVolt e Sphere UltraFast Photonics, compostas por elementos da U.Porto e formadas como resultado das ações desencadeadas no âmbito do GAPI 3. Estas duas empresas resultaram de duas das três edições do concurso de ideias de negócio iUP25k, organizados pela Universidade do Porto Inovação, estando uma outra participante, da edição de 2015 em vias de constituição.

Outras potenciais startups da Univesidade do Porto, beneficiárias de ações GAPI 3 estão também a investir no desenvolvimento dos seus negócios. Ainda pela U.Porto, organizaram-se várias sessões A2B (Academia to Business) cujo principal objetivo é aproximar a Universidade das empresas. Também durante o projeto foi organizado o Business Ignition Programme (BIP), um programa de aceleração de tecnologias onde 10 equipas, orientadas por gestores e empresários portugueses, aprenderam como transformar a sua ideia num modelo de negócio competitivo. Criado pela U.Porto com o objetivo de apoiar elementos do mundo académico a transformar o valor científico em valor económico, do BIP resultou um contrato de licenciamento, cinco potenciais spin-offs e três contratos com empresas internacionais para desenvolvimento de produtos.

Coordenados pelo Instituto Pedro Nunes (IPN), os parceiros do projeto GAPI 3 – entre os quais a U.Porto – trabalharam de fevereiro de 2013 a julho de 2015 para promover o espírito empresarial e estimular a criação de empresas junto de alunos e investigadores jovens. Todos os resultados do projeto GAPI 3 podem ser consultados aqui.