Docente da FMUP é o novo presidente da SPACV

Durante o seu mandato, o docente da FMUP pretende estreitar relaçõs entre a Sociedade e os órgãos de poder.  (D.R.)

Armando Mansilha, professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), acaba de ser eleito presidente da Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular (SPACV).

O docente da FMUPque ocupará o cargo até 2020, destaca que estreitar relações com os órgãos de poder será uma das principais missões deste mandato à frente daquela associação científica. “Queremos aproximar a SPACV quer da Ordem dos Médicos, quer do Ministério da Saúde. Atualmente existem algumas áreas que consideramos que podem ser estimuladas para que se tornem mais eficientes. Isto permitirá não só minimizar a taxa de mortalidade, mas, também, minimizar os custos de cada tratamento.”, explica Armando Mansilha.

A formação contínua e a produção de conhecimento serão outras das principais prioridades do docente da FMUP enquanto presidente da associação. “Há investigação com muito valor a ser produzida em Portugal. Estes trabalhos têm de ser apoiados para que conquistem a devida projeção internacional.”, refere o especialista que integra, também, o Centro Hospitalar de São João. Este foco na produção de conhecimento e melhoria continua passará ainda pelo investimento na formação pós-graduada, especialmente no que diz respeito à aos internos.

“É uma enorme honra ter sido eleito para representar os cirurgiões vasculares portugueses. Atualmente a sociedade está numa boa situação e isso reflete-se na união de diferentes gerações e na vontade comum de melhorar trabalho que está a ser desenvolvido por todos. No entanto, acreditamos que há sempre margem para melhorar e, por isso, queremos aproveitar o enorme potencial que temos internamente para tirar o melhor partido dos recursos disponíveis. Vão ser dois anos de muito trabalho e esforço comum, mas estou certo que no final compensará.”, finaliza.

Licenciado pela Faculdade de Medicina da U.Porto, Armando Mansilha é médico especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular e regente da mesma unidade da instituição. Além de integrar vários consórcios científicos, o destaca-se também pela vertente de investigação, na qual soma 100 publicações em revistas indexadas e livros. Foi, também, distinguido com 14 prémios e bolsas científicas, nacionais e internacionais. Atualmente, ocupa também o cargo de Secretário-geral da Section and Board of Vascular Surgery da União Europeia de Médicos Especialistas (UEMS).