Alumni da U.Porto levam inovação à agricultura

A Wisecrop teve a oportunidade de apresentar a sua solução aos principais stakeholders do setor agtech mundial. (Foto: DR)

A Wisecrop, startup fundada por antigos estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e incubada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da U.Porto, foi eleita como “The Best Startup” pelo júri do Elevator Pitch no Startup Europe Smart AgriFood Summit, evento que decorreu em Málaga, Espanha.

Escolhida de entre mais de 30 startups internacionais, a Wisecrop desenvolveu um sistema operativo da agricultura, garantindo os melhores resultados ao agricultor a cada campanha. Neste momento, a startup gere mais de 200 variedades diferentes de culturas, mas trabalha especialmente com frutícolas e hortícolas, nomeadamente com pequenos frutos, maçã, pera, vinha, olival e kiwi.

“Foi o primeiro prémio num evento dedicado à agtech internacional em território espanhol. Penso que o facto de termos conseguido ser distinguidos em território espanhol, entre dezenas de startups internacionais e em particular espanholas, foi o abrir de uma porta de entrada neste mercado.” afirma Tiago Sá, CEO e fundador da startup.

Selecionada para apresentar a solução aos principais stakeholders do setor agtech mundial, a startup pode “aproveitar este selo de qualidade para desbloquear algumas conversações em progresso e criar novas oportunidades de internacionalização”, reforça o fundador.

O Smart Agrifood Summit reuniu empresas, startups e centros de investigação na área de agrifood. Ao longo de dois dias (20 e 21 de junho), A iniciativa reuniu mais de 80 startups, vindas de 8 países diferentes e mais de 50 investidores, oriundos de Israel, Reino Unido, Bélgica, França e Espanha.