Startup do UPTEC vai recrutar mais de 100 colaboradores

Ribeira do Porto

A startup oferece a cada viajante uma forma única de experienciar as cidades. (Foto: DR)

Incentivados pelo espírito aventureiro, João Monteiro, Francisco Sousa Otto e Tiago Mendes, criaram a Zarco, uma aplicação móvel que permite aos viajantes descobrirem a cidade de visita na companhia de um local. Inspirada no descobridor português João Gonçalves Zarco, a aplicação dá a possibilidade aos viajantes de vivenciarem uma experiência única de viagem, desenhada pelo local e de acordo com os interesses do viajante.

Incubada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da U.Porto e no Vodafone Power Lab, a Zarco já está em funcionamento no Porto com mais de trinta profissionais liberais. Até ao Verão, a empresa conta estar presente em mais quatro cidades: Lisboa, Braga, Guimarães e Coimbra e recrutar mais de 100 profissionais liberais.

O projeto está em desenvolvimento desde novembro de 2015, e nasce por se sentir que existe um enorme conhecimento local que está a ser desaproveitado pelo mercado de trabalho. “Áreas como história, arquitetura, arqueologia, turismo, fotografia, entre outras, são áreas em que o mercado não está a ser capaz de dar resposta, mas é um conhecimento que é bastante procurado pelos viajantes principalmente quando adaptado à realidade local”, refere João Monteiro, promotor da Zarco.

A Zarco pretende valorizar o conhecimento local tornando-o disponível para quem viaja. “O objetivo da Zarco é que um arquiteto que vem conhecer, por exemplo, o Porto, o possa experienciar e ver aos olhos de um arquiteto do Porto”, frisa o promotor da startup.