U.PORTO GENERATIONS – Família Oliveira e Sousa

Em cima: Filipa Barbosa, Cristóvão José Oliveira e Sousa, Maria José Oliveira e Sousa, José Miguel Oliveira e Sousa e Sandra Paula Sousa. Em baixo: Maria Flávia Sousa, José Mário Oliveira e Sousa (Foto: Egidio Santos/U.Porto)

Maria Flávia Sousa e José Mário de Oliveira e Sousa constituíram família desde cedo. A família Oliveira e Sousa é, podemos dizer, fruto de um amor que cresceu na Universidade do Porto. Desde sempre ligados ao Orfeão Universitário do Porto (OUP), o casal passou a lua-de-mel junto dos 60 colegas que viajaram com eles até Moçambique, para uma tournée internacional de atuações.

Criado numa família de engenheiros, José Mário formou-se pela Faculdade de Medicina da U.Porto (FMUP) em 1959. Pouco tempo depois de casarem, parte para Angola, onde esteve sempre acompanhado pela mulher, com quem já tinha dois filhos. Licenciada em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Farmácia da U.Porto (FFUP) em 1963, Maria Flávia sempre quis estar ao lado do marido. Tanto que começou a carreira como farmacêutica em Luanda, quando este foi destacado para a guerra.

Maria José Oliveira e Sousa é a filha mais velha deste casal e a primeira a entrar na Universidade do Porto. Licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da (FLUP) em 1983. Anos mais tarde foi a vez do filho José Miguel que, à semelhança da mãe, diplomou-se em Ciências Farmacêuticas pela FFUP, em 1993. É aqui que se cruza com a atual companheira, Sandra Rebelo e Sousa, também ela formada na FFUP (1995) e que, anos mais  tarde, viria a licenciar-se e doutorar-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da U.Porto (FMUP). Atualmente, é docente desta faculdade.

A viver atualmente no Zimbabwe está o quarto filho do casal e o único engenheiro da família. Foi em 1996 que João Paulo se licenciou em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP). É também nesta altura que Sandra Cristina Costa, a sua esposa, se licencia em Biologia, pela Faculdade de Ciências da U.Porto (FCUP).

Quem também não fugiu à tradição foi Cristóvão José, o filho mais novo, que se licenciou em 2001, em Engenharia das Ciências Agrárias, pela FCUP. Foi também aí que Filipa Barbosa, a sua companheira, se formou em Biologia.

Na terceira geração encontramos ainda José Francisco Barão Oliveira e Sousa, filho de João Nuno, filho do casal e que chegou a frequentar o curso de Ciências Farmacéuticas, na FFUP. Francisco é licenciado em Ciências da Educação, em 2015, pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da U.Porto (FPCEUP).

Ainda hoje, Maria Flávia e José Mário continuam ligados à U.Porto. Semanalmente, percorrem os quilómetros que separam a sua casa, na Feira, da sala de ensaios da Associação de Antigos Orfeonistas da Universidade do Porto (AAOUP), onde continuam, como sempre, ativos.

Conheça outras famílias e histórias U.PORTO GENERATIONS aqui.