Universidades ibéricas promovem crescimento e criação de emprego

Reitoria da U.Porto recebe responsáveis de 18 instituições de ensino superior de Portugal e Espanha.

Dezoito reitores de universidades e politécnicos de Espanha e Portugal reúnem-se hoje e amanhã, dias 15 e 16 de novembro, na Reitoria da Universidade do Porto com o objetivo de discutir estratégias e ações de fomento da economia e de criação de emprego na Península Ibérica através das suas universidades.

Durante estes dois dias, os responsáveis das 18 instituições de ensino superior que integram a Conferência de Reitores das Universidades do Sudoeste da Europa (CRUSOE) vão debater formas de transformar o conhecimento gerado nas universidades em movimento económico criador de emprego em áreas tão distintas como: água, saúde, património material e imaterial, energia e meio ambiente e questões inter-regionais.

Representando cerca de 275 mil estudantes de ensino superior, a Conferencia de Reitores das Universidades do Sudoeste da Europa (CRUSOE) é presidida pelo reitor da Universidade do Porto, José Marques dos Santos, e conta com uma rede integrada de oito universidades de Castilha e León, três da Galiza, três de Portugal e quatro institutos politécnicos ibéricos.

Para os representantes destas universidades este acordo representa uma forma de colaboração importante para que a Península Ibérica possa recuperar das dificuldades económicas que tem atravessado.