[CORREÇÃO: Dadas a previsão das condições atmosféricas deste dia, o evento foi adiado para data a designar.]

O mais famoso programa de mobilidade no Ensino Superior celebra este ano o seu 35.º aniversário e a data não podia passar ao lado da mais internacional das universidades portuguesas . É já na tarde de 30 de novembro que a Universidade do Porto vai cantar os “Parabéns” ao Programa Erasmus. A festa vai ter lugar no Pátio Interior do edifício da Reitoria e é aberta aos mais de 2000 estudantes de mobilidade – IN e OUT – da instituição.

Com início marcado para as 14h30, o evento inclui um conjunto de atividades destinadas a promover o convívio e interação entre os participantes. Entre as iniciativas programadas incluem-se um speed meeting e um quizz com perguntas sobre o – agora designado – Programa Erasmus+.

Ao longo da tarde haverá também espaço para a música e para uma “cerimónia de encerramento” em que se cantarão os “Parabéns” ao programa Erasmus.

Os estudantes interessados em participar neste evento devem inscrever-se através do endereço disponibilizado na mensagem enviada por e-mail  pelo Serviço de Relações Internacionais da U.Porto.

Uma história de sucesso

A participação da U.Porto no Programa Erasmus coincide praticamente com a criação do mais conhecido programa de mobilidade no Ensino Superior, em 1987. Desde então, mais de 20 mil estudantes da Universidade já participaram no programa. Um número idêntico ao dos estudantes de toda a Europa que escolheram a U.Porto como destino de mobilidade nos últimos 35 anos.

Só no ano letivo 2022/2023, e apesar dos constrangimento que ainda fazem sentir-se na sequência da pandemia de Covid-19, são mais de 1000 (1083) os estudantes da U.Porto que vão ter a oportunidade de realizar uma mobilidade internacional ao abrigo do Erasmus+.

Os destinos incluem 29 países, com destaque para países como Espanha (destino escolhido por 221 estudantes), Itália (215), Polónia (83), Alemanha (74), República Checa (73), França (63) ou Países Baixos (60).

Em sentido contrário, a U.Porto acolhe atualmente 883 mobilidades Erasmus+ (IN). Um número que deverá crescer substancialmente no segundo semestre, com a chegada de centenas de novos estudantes (o número está ainda por determinar).

Entre as nacionalidades mais representadas no atual “contingente” Erasmus da Universidade destaca-se novamente a Espanha, com 224 estudantes, seguida de perto pela Itália (173). Alemanha (115), França (75), Polónia (55), Bélgica (34), Países Baixos (30), República Checa (27) e Reino Unido (23) são outras nacionalidades em destaque numa listagem que inclui um total de 61 países representados.

Recentemente, a U.Porto viu também aprovadas sete candidaturas ao abrigo da Ação-Chave 1 do programa Erasmus+. Os projetos aprovados pela Comissão Europeia – três dos quais coordenados pela Universidade – representam um financiamento superior a 4,5 milhões de euros, valor que vai permitir fomentar a mobilidade de mais de 1500 estudantes e pessoal docente e não docente, com instituições de todo o mundo, já este ano letivo.