Universidade do Porto à Mostra no centro da cidade

Pela primeira vez, a Mostra da U.Porto instala-se na Cordoaria. (Foto: Egidio Santos/U.Porto)

Demonstrações de julgamentos, exames à saúde oral dos visitantes, simulações de partos no interior de uma ambulância, jogos sobre alimentação saudável ou aulas de desenho ao vivo. Estas são apenas algumas das atividades que estarão disponíveis, de 4 a 7 de abril, na 17.ª edição da Mostra da Universidade do Porto. Mas esta não é apenas “mais uma “Mostra. Ao longo de quatro dias, as faculdades e centros de investigação da U.Porto mudam-se, pela primeira vez, para a baixa da cidade, numa tenda aberta ao público na zona da Cordoaria (em frente ao Centro Português de Fotografia), junto aos Clérigos.

Ao todo são perto de 100 atividades gratuitas para usufruir ao longo de quatro dias, em que jovens de mais de 100 escolas, mas também famílias e outros curiosos são convidados a descobrir e conhecer as diferentes áreas de atuação e de investigação da Universidade. Das artes à medicina, passando pelo desporto e pelo direito, será possível conhecer e participar gratuitamente em demonstrações e experiências científicas preparadas por toda a comunidade académica da U.Porto.

Para dar corpo a uma das maiores operações anuais de mobilização da Universidade, cerca de 300 docentes, técnicos e estudantes de 40 organismos (faculdades, centros de investigação e serviços) da U.Porto estarão disponíveis no espaço da Mostra para receber os visitantes. Cabe-lhes a missão de dar a conhecer a oferta formativa da instituição, mas também esclarecer algumas das principais dúvidas dos pré-universitários, desde o plano curricular, às experiências extracurriculares ou oportunidades internacionais durante o percurso académico.

Numa passagem pela tenda de cerca de dois mil metros quadrados que vai albergar a Mostra 2019, serão então possível assistir a aulas de desenho “ao vivo”, medir a pressão arterial e peso, conhecer alguns dos alimentos mais saudáveis, ou aprender como funciona uma pista com carros elétricos. Os mais curiosos poderão também participar nos testes de cultura geral ou conhecer melhor o corpo humano.

Ao “cartaz” de atividades a decorrer em permanência junta-se ainda um programa de eventos pontuais que prometem animar o espaço da Mostra e a área envolvente. Entre elas incluem-se simulações de um julgamento e de uma escavação arqueológica, partos simulados numa ambulância de socorro, visitas ao edifício “vizinho” da Reitoria da U.Porto, ou um ciclo de conferências sobre Engenharia Civil. Tudo isto ao som das atuações de vários grupos académicos (tunas, núcleos de dança, entre outros) e ao ritmo das demonstrações desportivas lideradas pelo Centro de Desporto da U.Porto (CDUP-Up).

A pensar nos estudantes – e respetivas famílias – que estão prestes a candidatar-se ao ensino superior, a Mostra 2019 reserva ainda uma sessão especial para o fim-de-semana (domingo, às 15h00), ocasião em que elementos dos serviços académicos (FOA) e sociais (SASUP) da U.Porto vão prestar todas as informações sobre mecanismos de acesso a bolsas e infraestruturas de apoio universitárias disponíveis na Universidade.

As portas da Mostra da U.Porto 2019 estarão abertas ao público de 4 a 7 de abril, das 10h00 às 19h00, (quinta e sexta-feira), das 11h00 às 20h00 (sábado) e das 11h00 às 19h00 (no domingo).

Mais informações em mostra.up.pt.