U.Porto vence XXVI Jogos Galaico Durienses

Vitórias no Ténis de Mesa e Basquetebol valeram à U.Porto mais um título dos Jogos Galaico Durienses.

A Universidade do Porto conquistou a a 26ª edição dos Jogos Galaico Durienses, competição que, nos passados dias 21 e 22 de novembro, levou a Melgaço os melhores atletas das universidades do Minho, Douro (Portugal) e da Galiza (Espanha).

Num torneio que incluiu as modalidades de Voleibol, Basquetebol e Ténis de Mesa, os atletas portuenses impuseram-se com dois primeiros lugares no Basquetebol e no Ténis de Mesa e um terceiro lugar no Voleibol. Os jogos decorreram todos no mesmo pavilhão, o que ajudou à promoção do convívio entre as delegações – mistas – das seis universidades participantes [ver imagens].

No Basquetebol, a U.Porto foi a equipa mais forte ao vencer na fase de grupos a Universidade de Vigo e a Universidade de Corunha chegando à final com a Universidade do Minho, vencedora do outro grupo. No jogo decisivo, a U.Porto “esmagou” a equipa minhota e ficou em primeiro lugar ao vencer por 81-55.

No Ténis de Mesa, nova vitória para a U.Porto numa competição que abriu com vitórias frente ao Instituto Politécnico de Viana do Castelo (3-0)  e à Universidade da Corunha (3-1). A final foi mais renhida mas os atletas portuenses voltaram a impor-se, desta vez frente aos espanhóis da Universidade de Vigo, por 3-2.

Por último, no Voleibol a U.Porto perdeu o primeiro jogo por 2-1 com a Universidade do Minho e venceu 2-0 ao IP de Viana do Castelo. Na disputa do terceiro e quarto lugar, a U.Porto não deixou fugir o pódio e derrotou a Universidade de Vigo por 2-1.

Estes resultados valeram à U.Porto o título coletivo e a consolidação da liderança no ranking histórico dos Jogos Galaico Durienses, à frente das universidades do Minho (2.ª classificada), Vigo (3.ª), Corunha (4.ª) e de Trás os Montes e Alto Douro (5.ª). Em último lugar ficou o Instituto Politécnico de Viana do Castelo, que ocupou a vaga aberta pela impossibilidade de participação da Universidade de Santiago de Compostela.

História dos Jogos Galaico Durienses

Realizados pela primeira vez em 1993, os Jogos Galaico Durienses foram o resultado de uma série de contactos e reuniões iniciados no início dos anos 90, por iniciativa da Universidade do Porto e da Universidade de Vigo, no sentido de promover encontros desportivos regulares entre as universidades do Norte de Portugal e da Galiza.Desde a edição inaugural, os  Jogos já envolveram mais de 7000 participantes das universidades do Porto, Minho, Trás-os-Montes e Alto Douro (Porto), Santiago de Compostela, Vigo e Corunha.

Para além da sua antiguidade e de ser exemplo de cooperação transfronteiriça , este evento multidesportivo tem desde o seu início, algumas particulares ao nível da organização. Cada edição está aberta à participação de estudantes, funcionários e professores das seis universidades participantes, cabendo a cada uma, até 2009, a organização rotativa dos Jogos. A composição das equipas e dos desportos em competição têm em conta a equidade entre géneros, sendo cada delegação composta por metade homens e metade mulheres.

No “quadro de honra” dos Jogos Galaico Durienses, a U.Porto lidera com oito vitórias, mais três do que as conseguidas pelas universidades de Vigo e Santiago de Compostela. A Universidade da Corunha soma três título, mais dois do que a Universidade do Minho e a UTAD.