U.Porto junta-se a rede que quer melhorar a integração no Ensino Superior

A Rede Portuguesa de Mentoria|Tutoria Interpares no Ensino Superior conta com cinco instituições subscritoras. (Foto: DR)

Foi oficialmente criada no passado dia 27 de março, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, a Rede Portuguesa de Mentoria | Tutoria Interpares no Ensino Superior, que pretende fortalecer a cooperação, o diálogo e a partilha de experiências suscetíveis de influenciar novas formas de participação, integração e solidariedade na vivência do Ensino Superior.

Contribuir “para a integração social e académica de todos os novos estudantes, para a promoção do sucesso educativo e redução dos níveis de abandono escolar” são alguns dos propósitos desta rede, cujos princípios estão estabelecidos  na Carta de Mentoria | Tutoria Interpares. As cinco instituições subscritoras, e por isso mesmo fundadoras da Rede, são: a Faculdade de Engenharia e a Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FEUP e FPCEUP) e a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (UL), integram a rede sob o mote de Mentoria e a UTAD e a Universidade de Aveiro participam com a chancela de Tutoria.

A criação desta carta surgiu no âmbito do I Seminário Internacional de Mentoria – vivências e práticas de Mentoria no Ensino Superior (ISIM`18), que decorreu em 2018, na FPCEUP.  Na ocasião, foram apresentadas e debatidas propostas para a criação do documento que estabelece um conjunto de princípios reconhecidos como referentes comuns essenciais a assumir pelas Instituições do Ensino Superior (IES), relativamente às “dinâmicas interpares e solidárias de integração e vivência académicas” para que se desenvolvam “numa base de responsabilidade social e institucional”.

Estiveram presentes na cerimónia o Secretário de Estado do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, o Reitor da UTAD, António Augusto Fontaínhas Fernandes, a Vice-Reitora da UA, Alexandra Queirós, a Vice Reitora da U.Porto, Maria de Lurdes Correia Fernandes, o Vice Presidente do Conselho Pedagógico da FEUP, Augusto Sousa, representantes dos diferentes dispositivos de mentoria / tutoria das diferentes instituições e ainda um número considerável de estudantes em representação dos mentores/tutores e mentorandos envolvidos nestes projetos.

Do lado da FEUP, marcaram presença os principais dinamizadores do projeto nestas Unidades orgânicas: Isabel Ribeiro, docente do Departamento de Engenharia Civil; Margarida Bastos, docente do Departamento de Engenharia Química; Teresa Duarte, docente do Departamento de Engenharia Mecânica e Helena Lopes, responsável pelo Gabinete de Orientação e Integração. Já da parte da FPCEUP, participaram na cerimónia as docentes Teresa Medina, Elisabete Ferreira, Isabel Pinto e Raquel Barbosa.

Como objetivo futuro, as instituições fundadoras pretendem alargar a Rede a todas as Instituições do Ensino Superior, promovendo assim a dinamização de projetos similares precisamente ‘entre pares’.

Mais informações aqui.