SNACk for Fish vence o concurso de ideias de negócio BfK ideas 2018

A entrega de prémios teve lugar no Creative Science Park, em Aveiro.

Depois de vencerem a terceira edição do Business Ignition Program (BIP), a SNACk for Fish do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR) e da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) reforça o feito e vence mais uma competição de ideias de negócio. Desta vez, a ideia foi premiada na categoria Agro-Food Industry do concurso Born from Knowledge (BfK IDEAS 2018), uma iniciativa da Agência Nacional de Inovação. A entrega de prémios teve lugar no Creative Science Park, em Aveiro, e o SNACk for Fish foi a única ideia a representar a Universidade do Porto.

A ideia de negócio SNACk for Fish surge no âmbito do projecto SNACk, desenvolvido no grupo de Investigação NUTRIMU do CIIMAR, liderado pelo Prof. Aires Oliva-Teles. O Projecto SNACk procura responder a uma das principais necessidades da aquacultura: a promoção da saúde dos peixes criados, diminuindo a carga de surtos bacterianos e o uso de antibióticos. Este projeto está na base do doutoramento da aluna Rafaela Santos (CIIMAR / FCUP) e do trabalho do aluno Fábio Rangel (CIIMAR / FCUP), e foi idealizado pelas Investigadoras Responsáveis pelo projeto, Paula Enes e Cláudia Serra do CIIMAR. Em concreto, o projeto SNACk descobriu novas bactérias com potencial probiótico, isoladas do intestino de diferentes espécies de peixes e capazes de combater alguns dos mais importantes agentes patogénicos que afetam a aquacultura.

A ideia de negócio SNACk for Fish, que deriva deste projeto, procura impulsionar a incorporação deste conjunto de bactérias em dietas comerciais para aquacultura, contribuindo para um desenvolvimento sustentável do setor. Além dessa vantagem, o projeto ajuda ainda a satisfazer as necessidades globais de pescado não deixando de cumprir os objetivos da Agenda 2030 das Nações Unidas. Foi com esta ideia em mente que, em abril de 2018, a equipa participou na 3.ª edição do Business Ignition Programme, organizado pela U.Porto Inovação, CIIMAR e INESC TEC com o objetivo de dotar os participantes de competências relevantes para darem resposta a desafios e oportunidades de mercado. Durante este programa intensivo de 12 semanas, os investigadores conseguiram desenvolver a sua ideia de negócio, o que lhes garantiu o primeiro lugar na grande final. Além do prémio monetário no valor de 1500 euros, os membros da equipa receberam ainda bolsas para a European Innovation Academy.

O próximo passo será concretizar, efetivamente, a ideia de negócio. Para isso, é necessário realizar testes in vivo em trêse spécies de peixes diferentes, e em condições de cultivo também diferentes, nomeadamente no que diz respeito à salinidade e temperatura da água da aquacultura. Só depois será possível elaborar um dossier para submeter à aprovação pela Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA-European Food Safety Authority), permitindo a incorporação do SNACk em dietas comerciais.

A equipa é formada pelos investigadores Cláudia Serra (CIIMAR), Paula Enes (CIIMAR), Rafaela Santos (CIIMAR / FCUP) e Fábio Rangel (CIIMAR / FCUP).

Segundo a investigadora Cláudia Serra, do CIIMAR, a equipa pretende, através dos probióticos SNACk, “diminuir os surtos de doenças bacterianas e, assim, aumentar a competitividade do setor ao mesmo tempo que se diminui o uso de antibióticos, promovendo a saúde pública e o conceito de «Uma Só Saúde», que reconhece a relação da saúde animal e ambiental com a saúde humana”.

“Acreditamos que uma vez no mercado, a solução SNACk terá um forte impacto económico e ambiental na indústria da aquacultura. Mas para que tal aconteça é necessário concretizar a nossa ideia de negócio” refere Paula Enes, investigadora do CIIMAR e elemento da equipa SNACk for Fish. A equipa reconhece ainda que “vencer o prémio BfK Ideas é, em primeiro lugar, prestigiante e dá a visibilidade necessária ao projeto, permitindo captar o interesse de potenciais investidores que queiram ajudar neste desafio. A investigadora acrescenta ainda que os dois dias de imersão, incluídos no programa BfK, foram muito importantes para a equipa pudesse “aperfeiçoar ainda mais o futuro modelo de negócio da ideia”, diz.

A iniciativa Born From Knowledge divide-se em 5 iniciativas:  BfK Ideas, Awards, Rise, Transfer e Champions. O BfK Ideas acontece uma vez por ano e visa distinguir ideias de negócio representadas por instituições de Ensino Superior Público. Os vencedores desta inicitiva terão acesso ao programa de aceleração BfK Rise em ciência e tecnologia, que pretende transformar o potencial de negocio das equipas em serviços e produtos.