(notícia atualizada)

Novembro é sinónimo de frio, mas também de castanhas. Com o São Martinho à porta, a Universidade do Porto prepara-se para celebrar uma das principais tradições portuguesas com toda a comunidade académica (e não só). Organizados pelas faculdades e outras entidades, todos os Magustos são de participação gratuita. É só escolher…

Um magusto para toda a família

As primeiras castanhas assadas foram servidas já na tarde deste domingo, no Magusto no Jardim Botânico do Porto e Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva do Museu de História Natural e da Ciência da U.Porto (MHNC-UP).

Reunindo cerca de 250 participantes, a iniciativa reuniu famílias, de miúdos a graúdos, numa festa à volta das castanhas, mas onde também houve tempo para atividades de ciência e cultura.E se os mais novos tiveram a oportunidade de conhecer algumas curiosidades sobre o castanheiro e a castanha, já os adultos tiveram direito a visitas guiadas ao Jardim Botânico do Porto e à Galeria da Biodiversidade.

Castanhas ‘invadem’ o Campo Alegre

Já esta segunda-feira, 11 de novembro, Dia de São Martinho, as faculdades de Arquitetura (FAUP), Ciências (FCUP) e Letras (FLUP) juntam-se para um Magusto Convívio entre todos os membros das respetivas comunidades académicas.

O Magusto tem início marcado para as 16h30 e realiza-se no Pátio da FAUP. Castanhas assadas e jeropiga são presença obrigatória no encontro entre estudantes, docentes, funcionários e investigadores das três faculdades. 

Celebrar por uma causa

O Dia de São Martinho coincide também com o tradicional Magusto da Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP). O ponto de encontro é às 16h30, no Pátio das Laranjeiras. E, excecionalmente, a participação não é gratuita. Mas por uma boa causa….

O cartucho de castanha e copo de jeropiga terão então um custo simbólico de 1 euro, valor que reverterá na totalidade para a o G.A.S. Porto, uma organização sem fins lucrativos, sediada na FEUP

Uma celebração ‘à portuguesa’

Castanhas assadas, música, petiscos portugueses e muita animação são também presença obrigatória no Magusto Internacional organizado, anualmente, pela Universidade do Porto. Este ano, a festa está marcada para dia 13 de novembro, quarta-feira, a partir das 16h30, na Reitoria da U.Porto

Entre os “convidados” estão os estudantes internacionais que estão a estudar na U.Porto ao abrigo de programas de mobilidade, como o Erasmus+. A estes juntam-se os estudantes da Universidade que, no segundo semestre, vão partir para o estrangeiro para um período de mobilidade.

À volta das castanhas, a animação é garantida pelo Núcleo Etnográfico e Folclore da U.Porto (NEFUP) e pelo Grupo de Pauliteiros de Miranda do Orfeão Universitário do Porto.  

Vizinhos juntam-se para celebrar o São Martinho

No dia 14 de novembro, quinta-feira, é a vez de o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e da Faculdade de Farmácia da U.Porto (FFUP) cumprirem a tradição . Estudantes, docentes, funcionários e investigadores das duas unidades orgânicas vizinhas juntam-se à volta das castanhas assadas e jeropiga.

O Magusto está marcado para as 16h00, junto à cantina do complexo ICBAS/FFUP. A entrada é livre, mas sujeita a inscrição, até 11 de novembro.

A festa na  “casa mãe”

As celebrações vão também chegar ao Edifício Histórico da Universidade (Praça Gomes Teixeira, aos Leões). Será na tarde de 18 de novembro, segunda-feira, a partir das 16h30, que os colaboradores da Reitoria, Serviços Partilhados (SPUP) e UPdigital se vão juntar para um Magusto Convívio, ao qual não faltarão as tradicionais castanhas assadas.

O Magusto da Reitoria vai ter lugar no Pátio Sul do edifício ou, caso a meteorologia não o permita, nas Arcadas da entrada principal.

Uma festa com todos os colaboradores

O “programa de festas” encerra no dia 23 de novembro, sábado, com o tradicional Magusto entre todos os funcionários e famílias da Universidade do Porto. A celebração do São Martinho está marcada para as 15h00, no Parque da Quinta de Lamas, junto ao Polo Universitário.

Para o evento, organizado pela Comissão de Trabalhadores da U.Porto (CTUP), em parceria com a Associação de Trabalhadores das Universidades Portuguesas e o Centro de Desporto da U.Porto (CDUP-UP), está garantida animação, castanhas ‘quentes e boas’ e a tradicional jeropiga.

O Magusto é de entrada livre para todos os funcionários e respetivas famílias, mas sujeita a inscrição, até dia 20 de novembro. Em caso de más condições climatéricas, o Magusto realiza-se no Pavilhão Luís Falcão.

Falta algum?

Se conhecem outros magustos a decorrer na Universidade, enviem-nos informações para o e-mail noticias@up.pt.