Quase 4000 vagas na Universidade do Porto no acesso ao Ensino Superior

A Universidade do Porto tem perto de 4000 vagas em 52 cursos de praticamente todas as áreas de conhecimento, disponíveis no Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior 2018/19.

Milhares de jovens de todo o país começam hoje a definir o seu futuro. O dia 18 de julho marca a abertura do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior para o ano letivo 2018/19, cuja primeira fase de candidaturas encerra no próximo 7 de agosto.

A Universidade do Porto, consecutivamente a mais procurada entre os candidatos ao Ensino Superior, disponibiliza este ano 3.976 vagas em 52 licenciaturas e mestrados integrados que cobrem praticamente todas as áreas do conhecimento.

Um número que representa um decréscimo de 209 vagas em relação ao ano anterior, um corte de 5% imposto pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) a todas as universidades e politécnicos de Lisboa e Porto.

No entanto, nem todos os cursos da U.Porto viram diminuir o seu número de vagas, devido às exceções definidas pelo MCTES aos cursos de Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica, de Física e de Medicina. Onze cursos terão este ano o mesmo número de vagas de 2017/18 e um curso (a licenciatura em Ciência de Computadores, da Faculdade de Ciências) teve um mesmo um acréscimo de 10 vagas.

Globalmente, quase todos os 40 cursos da U.Porto que foram obrigados a reduzir as suas vagas fizeram-no em valores de um único dígito. Apenas quatro cursos viram as suas vagas reduzidas na ordem das dezenas: os mestrados integrados de Engenharia Mecânica (redução de 10 vagas) e de Ciências Farmacêuticas (redução de 12) e as licenciaturas de Economia (menos 15 vagas) e de Biologia (menos 19).

No último Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, a Universidade do Porto preencheu a totalidade das suas 4.185 vagas, registando uma procura quase duas vezes superior à oferta, com 1,78 candidatos em primeira opção por cada vaga disponibilizada.

Por outro lado, a Universidade do Porto dominou por completo a lista dos cursos com as médias mais altas de entrada nas universidades portuguesas, quando pertenciam à U.Porto 7 dos 15 licenciaturas e mestrados integrados que registaram a maior nota de entrada em todo o país.  De facto, a Universidade do Porto foi a universidade portuguesa com a classificação média ponderada do último colocado mais elevada, apresentando uma média de 15,91 valores como nota de entrada na totalidade dos seus 52 cursos.

Como realizar a candidatura ao Ensino Superior

A candidatura ao Ensino Superior Público é, como nos últimos anos, realizada exclusivamente através do sistema online disponibilizado no sítio da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES).

Para retirar dúvidas e apoiar os jovens neste processo, a Universidade do Porto dispõe de um Gabinete de Acesso ao Ensino Superior, aberto aos candidatos a todas as universidades e politécnicos do país, que se encontra em funcionamento no edifício da Reitoria (Praça Gomes Teixeira, 4099-022 Porto) até ao último dia da primeira fase de candidaturas, retomando a sua atividade nas restantes fases do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior.

Para mais informações sobre a oferta formativa da U.Porto e sobre o processo de candidatura, pode consultar o site da Universidade do Porto.