O projeto para o Hotel Casa do Rio – Quinta do Vallado, em Vila Nova de Foz Côa, valeu ao arquiteto Francisco Vieira de Campos, professor e investigador da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP), a conquista do Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira de 2019.

O projeto vencedor foi escolhido entre as oito obras finalistas, destacadas das dezassete “Obras Selecionadas” pelo júri pela “sua distinta qualidade”, de um total de 52 projetos candidatos.

Para além do projeto de Francisco Vieira de Campos, o júri atribuiu uma Menção Honrosa à reconstrução da Torre e Necrópole do Antigo Castelo de Miranda do Corvo, na categoria “Afirmação da madeira e/ou derivados na reabilitação”, da autoria dos arquitetos Carlos Antunes e Désirée Pedro (Atelier do Corvo).

Entre os projetos finalistas à edição 2019 do Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira contam-se vários da autoria de antigos estudantes da FAUP.

A 5.ª edição do PNAM teve como tema ‘Arquitetura em Madeira: Saber Fazer, Saber viver’ e teve como finalidade reconhecer a “qualidade dos arquitetos portugueses, aliada à nobre matéria-prima oriunda das nossas florestas e sua indústria”.

A cerimónia de entrega dos prémios decorreu no dia 8 de novembro, no Mosteiro de Alcobaça.

Mais informações em www.pnam.pt