Prémios Incentivo’17: Francisco Andrade

O estudante de Engenharia Informática e Computação elogia a qualidade das instalações e dos recursos informáticos da Universidade, bem como os “vários espaços onde os estudantes podem estudar ou realizar trabalhos de grupo”. (Foto: Egidio Santos/U.Porto)

Francisco Andrade escolheu a U.Porto pelo prestígio que a instituição tem consolidado nos últimos anos. Natural de Matosinhos, o estudante do Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação na Faculdade de Engenharia terminou o primeiro ano docurso – “bastante atarefado” como o próprio afirma – com média de 19,28 valores. Foi por isso um dos 22 estudantes da U.Porto distinguidos na edição 2017 do Prémio Incentivo, entregue no Dia da Universidade.

Uma razão para ter escolhido a U.Porto?

Por ser uma Universidade bastante conceituada a nível nacional.

– O balanço deste primeiro ano na Universidade

Foi um ano bastante atarefado. O ritmo da universidade é muito diferente do ritmo do secundário. Existem mais trabalhos, a matéria para os testes é maior, e o currículo é mais exigente.

– De que mais gosta na Universidade do Porto?

Gosto, principalmente, das instalações, que penso ter sido aquilo que mais me impressionou neste primeiro ano. Os recursos informáticos são bastante avançados e adequados. Para além disso, a Universidade tem vários espaços onde os estudantes podem estudar ou realizar trabalhos de grupo.

– De que menos gosta na Universidade do Porto?

Aquilo que menos gosto na Universidade é a distância entre os diferentes pólos. Por exemplo, a distância entre a Faculdade de Ciências e a Faculdade de Engenharia, já que muitos projetos e atividades são transversais a estas duas faculdades.

– Uma ideia para melhorar a Universidade do Porto?

Pessoalmente, gostaria que a Universidade tentasse promover mais a sua marca internacionalmente. A maioria dos estrangeiros com quem contactei não conheciam a U.Porto, o que torna difícil a valorização dos nossos conhecimentos no estrangeiro.

– Um desejo para a Universidade do Porto, no seu aniversário?

Que continue o bom trabalho e que continue a influenciar de forma positiva todos os seus estudantes.

– Qual a importância do prémio incentivo para o futuro?

Este prémio reconhece o trabalho que desenvolvi no primeiro ano e contribui para me ajudar a suportar os custos financeiros dos meus estudos.