É o regresso de uma parceria que vem sendo construída ao longo dos anos: Paulo Gomes Trio apresenta esta sexta-feira, dia 31 de maio, às 21h30, no Auditório da Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP), o seu mais recente trabalho discográfico.

“Secret Studio Sessions – vol. One” traz de volta ao palco da FEUP o pianista e compositor portuense, desta vez acompanhado por José Carlos Barbosa (contrabaixo) e Filipe Monteiro (bateria).

“Sem as fronteiras habituais das linhas de repertório original ou do jazz americano ou da música de qualquer outra raiz, o que mais valorizo e procuro neste trio é o som coletivo e o prazer de fazer a música que mais gosto. Sem pretensões e na minha formação preferida… o trio!”, admite o músico.

O acesso ao espetáculo  é gratuito (sujeito à lotação da sala), mediante levantamento antecipado de bilhete. Os bilhetes estão disponíveis no Infodesk/FEUP (segunda a sexta, das 9h30 às 13h00, e das 14h00 às 17h30), ou na bilheteira do Auditório da FEUP, no dia do espetáculo (abertura uma hora antes do espetáculo).

Mais informações através do e-mail ccultur@fe.up.pt.

Sobre Paulo Gomes

Pianista, compositor e formador, Paulo Gomes é mestre em Interpretação Artística – Piano Jazz, pela Escola Superior de Música do Porto (ESMAE) e mestre em Ensino do Jazz pela ESMAE e Escola Superior de Educação do Porto.

Na sua atividade de pianista e compositor, trabalhou ao lado de nomes como Sheilla Jordan, David Murray, Chris Cheek, Eric Vloeimans, Jullian Arguelles, Henry Lowther, Peter King, Montez Coleman, Herb Geller, Rolf Delfos, David Chamberlain, Fátima Serro, Zé Eduardo, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra Clássica do Algarve, entre muitos outros.

Para várias destas formações, escreveu música original. De salientar o trabalho que realizou baseado na obra de grandes poetas portugueses  numa longa colaboração com a cantora Fátima Serro, e a escrita de repertório original para a EMJO (European Movement Jazz Orchestra) e OJM (Orquestra de Jazz de Matosinhos). Colaborou, como pianista, em peças de teatro e em sessões de cinema com música ao vivo. Participou como convidado especial nas edições de 2015 e 2017 do “Piano Porto” (24 horas de concertos de piano solo), onde actuou no Palacete dos Viscondes de Balsemão e na Igreja dos Clérigos.

Como professor (piano, harmonia, improvisação e combo), trabalhou com muitos dos profissionais da nova geração do jazz em Portugal. Realizou cursos e seminários em muitas escolas oficiais e privadas, por todo o país (continente e ilhas), Espanha e França. É, desde 2012, professor de Piano-jazz e Improvisação, no Conservatório de Música do Porto. Paralelamente ao Jazz, participou em concertos e gravações de CD’s de bandas como: “Andanças do Mar”; “Mar do Mundo”, “Classificados” e “Joni”.