Encontra-se aberto até 13 de fevereiro de 2020 o concurso para a contratação de um/a investigador/a doutorado/a para o exercício de atividades de investigação científica na área científica de Ciências da Educação, no âmbito do projeto “EduTransfer – Aprender através de diversos contextos educativos: Transferibilidade de práticas promissoras no quadro do Horizonte 2020” (ref.ª PTDC/CED-EDG/29886/2017), em curso no Centro de Investigação e Intervenção Educativas (CIIE) da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), financiado por fundos nacionais, através da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP (FCT), a contratar em regime de contrato individual de trabalho a termo resolutivo incerto, ao abrigo do Código do Trabalho.

O projeto EduTransfer visa compreender o potencial para a transferibilidade de políticas educativas entre escolas inseridas no sistema educativo tradicional e instituições alternativas de aprendizagem. O grande objetivo é identificar recursos que contribuam para a redução, com mais sucesso, dos problemas de abandono da educação e formação.

O concurso é aberto a candidatos/as nacionais, estrangeiros/as e apátridas que sejam titulares do grau de doutor/a em Ciências da Educação e detentores/as de um currículo científico e profissional que revele um perfil adequado à atividade a desenvolver.

São requisitos especiais de admissão, a comprovar documentalmente:
a) Experiência de participação em projetos de investigação financiados nacionais e internacionais;
b) Domínio de metodologias qualitativas de investigação, especificamente grupos de discussão focalizada e entrevistas.

São requisitos preferenciais:
a) Experiência de investigação nos domínios do sucesso escolar, exclusão social e educativa, jovens e estudos de género;
b) Experiência de trabalho de diagnóstico socioeducativo e de intervenção e formação com jovens e grupos em situação de vulnerabilidade;
c) Experiência sólida de criação de narrativas digitais e de produção de conteúdos em plataformas digitais nos domínios referidos;
d) Experiência na organização de eventos científicos;
e) Fluência comprovada na língua inglesa (comprovação através de exames oficiais de língua inglesa ou através de um trabalho académico extenso pertencente ao/à candidato/a e redigido em língua inglesa, por exemplo, tese/dissertação).

Formalização das candidaturas:
As candidaturas são formalizadas mediante requerimento dirigido à Presidente do Júri onde conste a identificação deste aviso, nome completo, número e data do bilhete de identidade, do cartão de cidadão, ou número de identificação civil, número de identificação fiscal, data de nascimento, residência e endereço de contacto, incluindo endereço eletrónico e contacto telefónico.
A candidatura é acompanhada dos documentos comprovativos das condições previstas nos pontos 7, 11 e 12 para admissão a este concurso, nomeadamente:
a) Cópia de certificado ou diploma de doutoramento;
b) Curriculum vitae detalhado e estruturado de acordo com os itens dos pontos 9 e 13;
c) Breve descrição das atividades científicas mais relevantes, de acordo com o n.º 2 do artigo 5.º RJEC e o ponto 9 deste aviso;
d) Carta de motivação em língua portuguesa e inglesa;
e) Duas (2) publicações consideradas mais relevantes, pelo/a candidato/a, nos domínios do sucesso escolar, exclusão social e educativa, jovens e/ou estudos de género;
f) Carta de recomendação;
g) Outros documentos comprovativos considerados relevantes para aferição da elegibilidade da candidatura e documentos que o/a candidato/a considere relevantes para a apreciação do seu mérito.

Os/as candidatos/as apresentam os seus requerimentos e documentos comprovativos em suporte digital, em formato de PDF, para os seguintes endereços de correio eletrónico: candidaturasrh@sp.up.pt, com conhecimento para eunice@fpce.up.pt, com indicação da referência completa da posição “FPCEUP | 1 Investigador/a doutorado/a | CIIE_EduTransfer 2019” no assunto da mensagem.

Mais informações aqui.