Encontra-se aberto até 15 de fevereiro de 2014 0 período para submissão de resumos de comunicações a apresentar no Congresso “Keep It Simple, Make It Fast! Underground music scenes and DIY cultures” (KISMIF), a decorrer de 9 a 11 de julho, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP) e na Casa da Música.

Coordenação KISMIF: Andy Bennett e Paula Guerra

Comissão de Organização do Congresso KISMIF: Andy Bennett, Augusto Santos Silva, Carles Feixa, Luís Fernandes, Manuel Loff, Paula Abreu e Paula Guerra.

Promovido no âmbito do projeto  de investigação Keep It Simple, Make It Fast! (PTDC/CS-SOC/118830/2010), este Congresso de três dias explora o panorama contemporâneo das cenas musicais underground urbanas e das culturas DIY num contexto global. Entre os oradores confirmados, destacam-se os nomes de Andy Bennett (Universidade de Griffith, AU), Carles Feixa (Universidade de Lleida, ES), José Machado Pais (ICS – Universidade de Lisboa, PT), George McKay (Universidade de Salford, UK) ou Will Straw (Universidade de McGill, CAN).

A submissão de comunicações para a conferência está aberta a todas as áreas da sociologia e das ciências sociais, das quais se destacam as seguintes temáticas:

– Desenvolvimentos da teoria social em torno da música, artes e culturas juvenis urbanas.
– Historicidade, genealogia e diacronia das cenas musicais.
– Significados, identidades, culturas urbanas e culturas juvenis.
– Envelhecimento e género nas cenas musicais underground.
– Espaços urbanos, cenas musicais e novos movimentos sociais.
– Herança, memórias e artefactos.
– Carreiras DIY: percursos sociais e profissionais.
– Estilo, estética e corporalidade.
– Mercados, fronteiras, memorabilia e retromania.
– Criação artística e cenas musicais underground.
– Novas dinâmicas de inclusão social através da música e práticas underground.
– Efeitos sociais e cognitivos da música e cenas underground: experiencia estética, ética, codificação e descodificação.
– Música e artes para a transformação social, artes nas comunidades e artes enquanto parte da cultura urbana.

Os resumos devem ser escritos em Inglês (mas a apresentação do trabalho pode ser feita em inglês ou em português), ter aproximadamente 250 palavras, e incluir três a cinco palavras-chave. Os resumos devem ser enviados juntamente com uma pequena nota biográfica dos autores (100 palavras).  Alguns trabalhos escolhidos da conferência serão publicados numa coleção editada por uma editora internacional.

Paralelamente, encontra-se também abertas as inscrições para quem pretender participar no congresso.

Mais informações aqui ou através do e-mail [email protected]