É já no próximo dia 24 de janeiro, entre as 9h00 e as 18h00, que se realiza a reunião “(Re)utilização de dados em investigação e inovação em saúde”, numa organização da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), com a parceria do Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ) e do CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde. O palco será a Aula Magna da FMUP.

A eurodeputada Maria Manuel Leitão Marques será uma das intervenientes desta reunião, com uma conferência intitulada “Visão Europeia relativa aos dados abertos e à reutilização de informações do setor público”. A intervenção está marcada paras as 12h00.

“A reunião de 24 de janeiro é o momento central da iniciativa que estamos a desenvolver sobre a reutilização de dados de saúde para a investigação e inovação com vista a fazer evoluir a forma como os diferentes “stakeholders” atuam na área de “big data” e decisão em saúde em Portugal”, sublinha João Fonseca, investigador do CINTESIS e professor da FMUP.

Nesta nova década, continua, “as decisões e políticas em saúde necessitam de cada vez mais e melhores de dados. Na saúde tem sido criado um conjunto impressionante de bases de dados, mas que têm sido insuficientemente utilizadas. O seu potencial é enorme e, no contexto dos recursos e necessidades que temos, não pode ser desperdiçado”.

O responsável considera, por isso, que “é urgente um debate alargado que resulte em propostas concretas sobre a reutilização dos dados produzidos no setor da saúde para a investigação e a inovação”.

Um dos objetivos deste evento é a elaboração de um documento colaborativo que identifique a análise SWOT (as forças, fraquezas, oportunidades e riscos) da reutilização de dados para investigação e inovação em saúde no que se refere a acesso e segurança, qualidade de dados e integrações e sustentabilidade económica.

“O primeiro momento de possível participação nas análises SWOT é logo na inscrição para a reunião. Juntaremos a informação produzida durante a reunião e faremos uma versão inicial do documento. Estamos a envolver um conjunto muito alargado de pessoas e entidades para participarem num “grupo de revisão” que fará a versão final do documento”, explica João Fonseca.

Além da eurodeputada Maria Manuel Leitão Marques, irão intervir na reunião o presidente do Conselho de Administração do CHUSJ e docente da FMUP, Fernando Araújo, o vice-reitor da Universidade do Porto, Pedro Rodrigues, e responsáveis da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), da Entidade Reguladora da Saúde (ERS), do Health Cluster Portugal (HCP) e da indústria farmacêutica, entre outros.

A reunião do próximo dia 24 de janeiro integra-se num programa mais alargado de iniciativas desenvolvidas pelo MEDCIDS/FMUP, em colaboração com o CHUSJ e o CINTESIS. Foi o caso da reunião “Comissões de Ética e Investigação em Saúde – impacto das alterações na lei e desafios para o futuro”, que decorreu no passado dia 28 de outubro, também na Aula Magna da FMUP, com a participação de várias dezenas de especialistas de todo o país.

Os interessado em participar no evento e/ou nas análises SWOT deverão inscrever-se aqui.

Mais informações através do e-mail medcids@med.up.pt.