O Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto / Laboratório Associado (CIBIO/InBIO), promove nos dias 1 e 2 de junho, no Campus Agrário de Vairão, a conferência TiBE 2015 | Global Biodiversity Chance – From Genes to Ecosystems, evento que pretende oferecer uma perspectiva sobre os mais recentes avanços no estudo dos impactos ecológicos nos factores económicos e sociais, em mudanças das espécies e dinâmicas de nicho, e outras mudanças nos ecossistemas, paisagens e biodiversidade.

Organizada pelos grupos PRECOL e APPLECOL pertencentes ao CIBIO-InBIO, esta conferência oferece uma ligação direta com a aplicação da ecologia, incluindo a deteção, interpretação e a previsão de mudanças num certo território; a antecipação de tendências nos padrões da mudança ecológica; a deteção antecipada das respostas da biodiversidade e das mudanças nos ecossistemas, e o apoio aos quadros-modelo para a conservação e a monitorização eficiente em termos de custo.

Os efeitos das várias mudanças no ambiente estão também na origem da perda de biodiversidade desde genes aos ecossistemas. A biosfera tem vindo a sofrer, ultimamente, altas taxas de degradação dos ecossistemas e extinção de espécies, em grande parte devido a actividades humanas e pressões antropológicas sobre o meio ambiente. O declínio da biodiversidade tem vindo a ser reconhecido em grandes escalas e em várias regiões, e tem sido abertamente discutido nas últimas duas décadas, pela comunidade científica. Este tema é, hoje em dia, um dos mais importantes na agenda da sustentabilidade ambiental, particularmente dado que a redução da diversidade das espécies pode levar a profundas alterações no funcionamento dos ecossistemas, assim como na sociedade.

Os interessados em apresentar as suas comunicações na conferência deverão submeter os resumos das mesmas até ao dia 1 de maio através do e-mail tibe2015@cibio.up.pt. As inscrições antecipadas (early registrations) decorrem até 15 de maio, data após a qual o valor da inscrição será mais cara.

Mais informações aqui.