Investigadores da FFUP em missão nas florestas da Tailândia

Nelson Gomes e Paula Andrade (2º e 4.ª, respetivamente, a contar da esquerda) acompanharam uma equipa de investigadores tailandeses durante um mês. (Foto: DR)

Paula Andrade, docente na Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP), e Nelson Gonçalo Gomes, investigador FCT da REQUIMTE (Rede de Química e Tecnologia), que se encontra a desenvolver trabalho no Laboratório de Farmacognosia da FFUP, integraram recentemente uma comitiva da Universidade de Kasetsart (Tailândia) que viajou pelas florestas tailanesas para recolher plantas da flora local, com potencial aplicação nas indústrias farmacêutica e alimentar.

Ao longo do mês de abril, a equipa de investigadores portugueses e tailandeses, liderada por Sutsawat Duangsrisai e Srunya Vajrodaya, do Departamento de Botânica da Faculdade de Ciências da Universidade de Kasetsart, esteve nas florestas de Namtok Huai Yang e Khao Hin Sorn, onde foi realizada a amostragem de plantas utilizadas na medicina tradicional tailandesa.

Este projeto insere-se na colaboração iniciada, em 2017, entre a REQUIMTE e a Faculdade de Ciências da Universidade de Kasetsart, tendo em vista a descoberta de substâncias ativas de origem vegetal com potencial aplicação anti-inflamatória e anticancerígena, assim como na validação farmacológica da utilização etnomedicinal de várias espécies de plantas.

Sutsawat Duangsrisai, docente da Universidade de Kasetsart, e principal promotora do consórcio, destaca a “importância capital da criação desta rede de investigação para a valorização da flora tailandesa, através da investigação das suas potenciais aplicações terapêuticas assim como na indústria alimentar”.

O projeto incluiu a a amostragem de várias plantas utilizadas na medicina tradicional tailandesa. (Foto: DR)

Nesta passagem pela Tailândia, a equipa portuguesa realizou ainda um seminário – intitulado “Guidelines and Tips on Natural Product Research” – na Faculdade de Ciências da Universidade de Kasetsart e partilhou a bancada do laboratório com investigadores e estudantes do Departamento de Botânica da mesma instituição.

Atualmente, o consórcio integra a REQUIMTE, a FFUP e a Faculdade de Ciências da Universidade de Kasetsart, mas a ideia passa por abrir as portas a outras entidades parceiras. Para o efeito, os membros da comitiva portuguesa e da Faculdade de Ciências da Universidade de Kasetsart foram recebidos na Embaixada de Portugal na Tailândia, tendo sido discutido o alargamento do consórcio a novas instituições e organizações de Portugal e da Tailândia. O objetivo é facilitar a investigação e o desenvolvimento experimental nas áreas das Ciências da Saúde, Bioeconomia e Agricultura, através da partilha de recursos materiais e humanos entre as instituições envolvidas.