Investigador do INESC TEC vence o mais importante prémio literário do Brasil

João Gama, investigador do INESC TEC, é um dos autores da obra premiada

A obra “Inteligência Artificial: Uma abordagem de aprendizado de máquina”, escrita em coautoria pelo investigador do INESC TEC, João Gama, venceu o Prémio Jabuti 2012, na categoria de Tecnologia e Informática.

O livro foi escrito com o objetivo de oferecer a estudantes de licenciatura e pós-graduação uma ferramenta de estudo atualizada. Além de introduzir os principais conceitos e algoritmos de aprendizagem automática, fornece orientações para a aplicação prática do conhecimento adquirido, nomeadamente ao nível do auxílio no diagnóstico de doenças, na monitorização da qualidade da água, na prevenção de incêndios florestais ou na deteção e localização de falhas em linhas de transmissão de energia.

“Escrever um livro é uma corrida de fundo. Esta maratona ficou facilitada pela excelência e complementaridade da equipa”, afirma João Gama, referindo-se aos restantes investigadores, André Carvalho da Universidade de São Paulo (USP), Katti Faceli da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Ana Carolina Lorena da Universidade Federal do ABC (UFABC), que colaboraram na composição da obra.

“O prémio foi, para todos nós, uma honra inesperada. É um reconhecimento de trabalho intenso e de qualidade”, acrescenta o investigador.

O Prémio Jabuti é o mais importante prémio literário do Brasil, promovido pela Câmara Brasileira do Livro. Engloba várias categorias, desde romances a livros didáticos e técnicos.

A versão portuguesa da obra, “Extração de Conhecimento de Dados”, foi recentemente publicada em Portugal pela Sílabo e contou também com a contribuição da investigadora do INESC TEC, Márcia Oliveira.