ICBAS debate o impacto das plantas aromáticas na medicina

No próximo dia 21 de março o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) da Universidade do Porto  e o Centro Ciência Viva da Floresta vão colaborar na realização da I Conferência Internacional Rota das Aromáticas na História da Medicina, levada a cabo pela Câmara Municipal de Proença-a-Nova.

Esta iniciativa tem como finalidade o aproveitamento turístico da Rota das Aromáticas, que possui uma enorme riqueza natural. Paralelamente a isso, este evento poderá resultar num acréscimo de valor, focando-se em temas sobre o uso das plantas aromáticas e medicinais ao longo da história e da evolução da medicina.

Atualmente, o município de Proença-a-Nova encontra-se já a trabalhar na ampliação do BioAromas – produção de plantas aromáticas e medicinais, projeto que tem como objetivo promover a transição para a vida pós-escolar de jovens com Necessidades Educativas Especiais que frequentam o Agrupamento de Escolas local. Em estudo está ainda a possibilidade de estes estudantes poderem continuar a usufruir deste apoio, mesmo depois de finalizarem a escolaridade.

A conferência contará com o contributo de vários especialistas na área das plantas medicinais e aromáticas e da história da medicina, da Universidade de Salamanca e de várias universidades portuguesas, entre eles docentes do ICBAS, tais como Ana Mafalda Reis, Romero Bandeira e Maria João Santos.

O programa do evento inclui ainda um extenso leque de palestras, a decorrer a partir das 9h00, no auditório Mariano Gago no Centro Ciência Viva da Floresta, em Proença-a-Nova.

entrada do evento é gratuita, mas éujeita a inscrição até dia 17 de março.

Mais informações aqui.