Filipe Morato Gomes vem à U.Porto ensinar a escrever sobre viagens

Fundador do "Alma Viajante" vai ajudar os participantes do workshop a planear uma viagem na pele de repórter. (Foto: DR)

Cerca de dois meses de pois de ter passado pela U.Porto para falar sobre a sua paixão por viagens, Filipe Morato Gomes vai  regressar à Universidade nos próximos dias 16, 17 e 23 de fevereiro, para promover um workshop de Escrita de Viagens, destinado a todos os que gostem de viajar e escrever.

Destinada a todos os viajantes e amantes da escrita, mas também a viajantes que gostariam de entrar no mercado do Jornalismo de Viagens, fotógrafos que pretendam evoluir no processo de escrita de viagens e estudantes de Comunicação Social, esta formação tem como grande objetivo ajudar a planear cuidadosamente uma viagem na pele de repórter. “Viajar a pensar na escrita e escrever a pensar no leitor é o desafio que lançamos neste workshop, eminentemente virado para as questões práticas”, lê-se na sinopse do workshop

Como planear uma viagem de trabalho? Quais as bases no terreno que possam conduzir a uma boa reportagem ? Como estruturar uma boa história? São algumas das perguntas que serão respondidas no workshop, através da análise de exemplos concretos de crónicas e reportagens de viagens. Pelo meio, os participantes vão sair à rua com o objetivo de recolher material e vivências para escrever uma crónica de viagem numa zona emblemática do Porto

O Workshop decorrerá entre as 10h00 e as 13h00 e as 14h00 e as 19h00, no Edifício da Reitoria da Universidade do Porto. Os interessados devem inscrever-se aqui.

Quem é Filipe Morato Gomes?

Filipe Morato Gomes é o fundador e atual editor de “Alma de Viajante“. Natural do Porto, costuma definir-se num ponto de interseção entre o “jornalista e fotógrafo de viagens, designer gráfico, programador informático e viajante profissional”. Colabora com a agência de viagens Nomad, liderando viagens de aventura para locais como a Mongólia e o Irão. É apaixonado por fotografia, design e publicidade. Em 2004/2005, deu uma volta ao mundo com 14 meses de duração, que deu origem ao livro “Alma de Viajante”.

Mais informações aqui.