Figuras da política projetam o futuro de Portugal na FEP

Marcelo Rebelo de Sousa é um dos convidados da primeira sessão do PoliticaMente (foto: DR)

Algumas das principais figuras políticas portuguesas da atualidade vão passar, a partir da próxima quarta-feira, 10 de outubro, pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP), para participar no ciclo de conferências “PoliticaMente”, organizado pela FEP em parceria com a Academia de Política Apartidária (APA).

A primeira conferência, agendada para as 21h00 de quarta-feira, será subordinada ao tema “Do Estado Constitucional ao Estado Inorgânico”. Ao longo da noite, Joana Amaral Dias (ex-deputada do Bloco de Esquerda) e Marcelo Rebelo de Sousa (ex-líder do PSD) vão debater como é que as novas gerações olham para os padrões clássicos do estado formal, o papel dos movimentos espontâneos, entre outros temas.

O programa do ciclo  integra mais duas sessões, a ter lugar em novembro. A segunda conferência, marcada para 14 de novembro, contará com a presença de Rui Rio e Maria de Belém e leva à mesa de debate o caminho “Do Estado Social ao Estado Liberal”. A conferência de encerramento, a 28 de novembro, vai contar com a participação Jaime Nogueira Pinto, José Pacheco Pereira e Marinho Pinto e será moderada por Ricardo Costa, diretor do Expresso.

“Este ciclo constitui uma oportunidade de excelência para os jovens questionarem diretamente aqueles que estão ou estiveram no poder relativamente à situação política e económica que o país atravessa e perceberem também qual o futuro que os jovens podem esperar no nosso país”, salienta Rosina Pereira, Presidente da APA, um novo organismo de estudantes universitários sedeado na FEP.

Através desta e de outras iniciativas, a APA pretende fomentar o espírito crítico dos jovens universitários, através de um diálogo livre e construtivo, aproximando a comunidade estudantil da realidade do nosso país e do contexto internacional que o envolve.

As conferências integradas no ciclo “PoliticaMente” terão lugar no Salão Nobre da FEP e são abertas ao público.