FEUP Prime: O programa que vai “ligar” a FEUP às empresas

A EFACEC, a Kaizen e a SONAE IM são as primeiras “FEUP PRIME Partners”. (Foto: FEUP)

Aproximar as empresas da Universidade e assim valorizar o talento e o conhecimento produzidos são os objetivos do FEUP PRIME, uma iniciativa inovadora da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), que conta já com empresas bem conhecidas como parceiros estratégicos, casos da EFACEC, Kaizen e SONAE IM.

Através do programa “FEUP PRIME – Corporate Membership Programme”, pretende-se criar valor e vantagens competitivas para as empresas, estabelecendo uma conexão direta com as fontes de talento e de produção de conhecimento da FEUP. É também objetivo da iniciativa contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de inovação aberta envolvendo empresas exportadoras, startups de base tecnológica e universidades, fonte de desenvolvimento económico e social da região e do país.

Para tal, as empresas “PRIME Partners” investem num relacionamento estratégico e de longo prazo com a FEUP, definindo objetivos comuns de aprendizagem, investigação e inovação. Estas empresas têm assim a oportunidade de atrair os melhores talentos, envolver os melhores estudantes em problemas concretos, trabalhar com os melhores investigadores em desafios societais e inovação de ponta, e envolver-se na vida da comunidade académica.

O programa agrega também várias dezenas de empresas com as quais já existe uma sólida colaboração, medida por diversos indicadores, designadas como “FEUP PRIME Affiliates”. Estas empresas beneficiam das relações existentes e serão continuamente desafiadas a reforçar o seu envolvimento nas diversas oportunidades que o programa pretende desenvolver.

João Falcão e Cunha, diretor da FEUP recentemente eleito para mais um mandato de quatro anos, acredita que esta é uma oportunidade única para “as empresas colocarem desafios ambiciosos de inovação aos nossos estudantes, investigadores e docentes, sobretudo ao nível de mestrado e doutoramento”. Ainda segundo aqueles responsável, “o aumento da interação no âmbito do FEUP PRIME irá permitir trabalhar na Universidade sobre conhecimento mais relevante para a economia e para a sociedade, fazendo chegar às empresas melhores engenheiros e contribuindo assim para melhor emprego e para empresas mais inovadoras”.

Os dados de 2017 mostram que a Faculdade de Engenharia tem protocolos de cooperação ativos e projetos de investigação e desenvolvimento em execução com mais de 70 empresas. A cooperação existente permitiu também a realização nesse ano de 405 dissertações em ambiente empresarial e 79 estágios de verão. Estas empresas atribuíram ainda cerca de 35.000 euros em prémios de mérito aos melhores estudantes.

Mais detalhes sobre o “FEUP PRIME” vão ser desvendados na sessão de apresentação pública, agendada para dia 15 de outubro, às 17h00, no Auditório da FEUP.