FBAUP dá mais sabor aos 250 anos da Torre dos Clérigos

O mais emblemático dos monumentos do Porto foi construído entre 1754 e 1763.

A comemoração, em 2013, dos duzentos e cinquenta anos de um dos mais emblemáticos símbolos da cidade do Porto conta com a colaboração da Universidade do Porto. A Faculdade de Belas Artes da U.Porto (FBAUP) aceitou o repto da Irmandade dos Clérigos e associou-se ao programa de iniciativas através da criação das embalagens para uma edição especial de bombons alusivos à efeméride.

As embalagens foram desenvolvidas por 23 estudantes da FBAUP, num processo que demorou cerca de um mês e meio. Em declarações ao “Público”, Rui Mendonça, professor responsável pelo projeto, destaca a utilidade da colaboração para os estudantes, que podem assim “tomar consciência da realidade de produção que encontrarão no mundo profissional”.

Os bombons recheados que prometem adoçar a boca aos portuenses vão ser confeccionados e embalados na Confeitaria Arcádia. O lançamento está previsto para o fim-de-semana de Reis.

O uso do chocolate no programa de comemorações não termina, contudo, com os bombons “made in FBAUP”. Das ações previstas, destaca-se ainda a construção de uma réplica em chocolate do mais emblemático dos monumentos do Porto, com mais de três metros de altura e 14 toneladas. Esta torre vai ser erguida por uma equipa de alunos de uma escola de hotelaria, sob coordenação do chef Hélio Loureiro, e deverá ficar pronta em novembro de 2013.