Preocupados com o impacto do novo coronavírus na economia portuguesa, os estudantes da Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP) que integram a FEP Junior Consulting (FJC) decidiram analisar os principais desafios que as empresas vão atravessar. Deste trabalho resultou o lançamento de um plano de apoio a empresas, com especial enfoque em quatro áreas: Finanças Empresariais, Vendas e Marketing, Gestão e Planeamento e Recursos Humanos.

“A situação atípica que se vive em Portugal atualmente obrigou pessoas e empresas a enfrentar desafios que poucos imaginavam até há bem pouco tempo. A forma peculiar como foi exigida uma adaptação rápida e inesperada, perante as mudanças que a COVID-19 impôs, permitiu realçar a necessidade de tornar a saúde das populações a prioridade número um. No entanto, no processo para alcançar esse fim, a economia mundial foi uma das principais sacrificadas”, destaca a FJC.

Nesse sentido, o objetivo desta iniciativa é mostrar que, mesmo perante este contexto, há oportunidades, como a rentabilização de novas ferramentas que facilitem o trabalho remoto, ou a procura de novas plataformas de venda que não sejam tão afetadas por este tipo de problemas.

O plano de apoio às empresas está disponível no site da FJC. Foi ainda criada uma linha de comunicação direta e especializada no apoio a esta situação: covid19@fjc.pt..

Sobre a FEP Junior Consulting

A FEP Junior Consulting é uma júnior empresa pertencente à Faculdade de Economia da Universidade do Porto, com mais de 22 anos de experiência. Certificada pela norma IS0 9001:2015 e com mais de 300 projetos realizados para empresas como a Randstad e a ANA Aeroportos, pauta o seu trabalho pelo rigor e excelência. É, neste momento, a única júnior empresa em Portugal com certificação de qualidade.

A FJC tem como objetivo promover uma aproximação entre o mundo académico e empresarial através da prestação de serviços de consultoria como, por exemplo, Estudos de Mercado e Planos de Negócios.

É uma empresa sem fins lucrativos, sendo que todas as receitas obtidas de projetos são investidas na formação dos seus membros. Desta forma, consegue garantir os preços mais competitivos do mercado, assegurando sempre a máxima qualidade, o que a torna numa empresa muito atrativa.