Estudantes da FAUP entre vencedores de prémio ibérico

Duas das quatro Menções Honrosas ficam com estudantes da FAUP

A Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP) continua a dar cartas no mundo da arquitetura. Fernando Barros, Samuel da Costa Pereira e Rogério Matos encontram-se entre os vencedores das Menções Honrosas do “Prémio Ibérico de Investigação de Arquitetura Tradicional: edição bienal 2012-2013”.

O júri atribuiu o I Prémio Ibérico ao projeto “La Rehabilitación Limitada” de Mónica Alcindor Huelva, recaindo a escolha das Menções Honrosas sobre os projetos “Construção do Território e Arquitetura na Serra da Peneda” de Fernando Barros, “Casa do Agricultor” de Samuel Pereira e ainda “Contributo para a Salvaguarda do Património Arquitectónico – Azenhas & Açudes no Vale do Ave, Paisagem e Memória”, de Rogério Matos.

Promovido pela Fundação Convento da Orada (FCO), pela Fundación Antonio Font de Bedoya (FAFB) e pela Fundación Cultural do Colegio Oficial de Arquitectos de Léon (FUNCOAL), a atribuição deste prémio e das Menções Honrosas “obedeceu a uma criteriosa seleção entre dezenas de candidaturas submetidas”, pode ler-se na nota de divulgação dos resultados.

A cerimónia de entrega do prémio e das Menções Honrosas realiza-se em Zamora, Espanha, no próximo dia 1 de outubro de 2012, Dia Mundial da Arquitetura.