Eleição inédita para professor da FEUP

F. Xavier Malcata é o primeiro português a ser eleito Fellow da Academia Internacional de Ciência e Tecnologia Alimentar

F. Xavier Malcata, professor catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), é o primeiro português distinguido a nível internacional na área de engenharia e tecnologia alimentar, através da eleição para Fellow da Academia Internacional de Ciência e Tecnologia Alimentar (IAFoST).

A decisão reflete o reconhecimento internacional pelo trabalho de investigação desenvolvido e que tem vindo a protagonizar abordagens pioneiras em ciência e tecnologia alimentar, conducentes ao melhoramento tecnológico de alimentos tradicionais portugueses e à valorização industrial dos resíduos originados durante o seu processamento.

Esta é a primeira vez que um português é distinguido na área da engenharia e tecnologia alimentares pelos seus pares da IAFoST, o que realça a qualidade, oportunidade e utilidade do trabalho académico desenvolvido em Portugal. Esta distinção vem, assim, confirmar a posição de proeminência da Universidade do Porto no ranking de Taiwan, designadamente nas áreas disciplinares de agricultura e engenharia química – em que ocupa a 60ª posição de entre as melhores 318 universidades do mundo.

O nome do professor da FEUP foi proposto por Daryl Lund, presidente da IAFoST, apoiado pela entidade oficial nacional na área e eleito pelos restantes Fellows. F. Xavier Malcata junta-se aos mais destacados líderes mundiais na área alimentar, envolvidos em atividades de ensino, investigação e extensão, e com elevada reputação na liderança em ciência e engenharia alimentar. Do comunicado emitido pela IAFoST, é enfatizada “a excelência internacional, as abordagens pioneiras e a produtividade científica ímpar na aplicação dos princípios de ciência e engenharia alimentar para a caracterização exaustiva e a optimização racional de processos alimentares tradicionais, e para a concepção e desenvolvimento de novos alimentos”.

Distinção internacional premeia carreira de sucesso

Ao longo de quase três décadas de carreira universitária – que incluiu o desenvolvimento de atividades em diversas instituições nacionais e estrangeiras, F. Xavier Malcata foi autor de diversas patentes, uma dezena de livros técnicos e mais de três centenas e meia de artigos científicos em revistas internacionais. Até à data, coordenou cerca de 30 projetos de investigação e desenvolvimento, e orientou 28 teses de doutoramento.

Do vasto curriculum do docente, destaca-se o desenvolvimento de ingredientes nutracêuticos e alimentos funcionais (isto é, com efeito favorável sobre a saúde se incluídos regularmente numa dieta equilibrada) bem como o projeto e optimização de reatores enzimáticos para processamento de óleos alimentares, a caraterização de proteases vegetais no fabrico de queijo e requeijão, a produção de culturas microbianas de arranque e afinagem para queijos tradicionais portugueses, a aplicação optimizada de operações unitárias a diversos processos alimentares, e o melhoramento das condições de fermentação e destilação do bagaço de uva para obtenção de aguardentes bagaceiras.

Licenciado em Engenharia Química pela Universidade do Porto em 1986, F. Xavier Malcata junta esta distinção internacional ao seu longo currículo académico – que inclui a atribuição do Elmer Marth Educator Award (2011) e do International Leadership Award (2009) pela International Association for Food Protection (EUA), do Samuel Cate Prescott Award (2008) pelo Institute of Food Technologists (EUA), do Scientist of the Year Award (2008) pela European Federation of Food Science and Technology (Holanda), do Prémio Edgar Cardoso de Ciência, Tecnologia e Inovação (2007) pela Câmara Municipal de Gaia, do Danisco International Dairy Science Award (2007) pela American Dairy Science Association (EUA), do Canadian/International Constituency Investigator Award in Physical Sciences and Engineering (2004) pela Sigma Xi (EUA), e do Young Scientist Research Award (2001) pela American Oil Chemists’ Society (EUA).

Sobre a IAFoST

A IAFoST é suportada pela IUFoST – International Union of Food Science and Technology, que congrega as Associações Nacionais de 65 países como membros, e representa mais de 200 mil profissionais em todo o mundo. A IAFoST tem por objectivos estatutários promover a cooperação internacional e a troca de informação alargada, providenciar educação e formação a cientistas e técnicos alimentares em todo o mundo, e promover o profissionalismo e a organização intraprofissional estruturada.

Mais informações em http://www.iufost.org/