CAUP ensina como encontrar o cometa Pan-STARRS

As posições do cometa e da Lua ao pôr-do-Sol, entre os dias 12 e 15 de março de 2013. (Imagem: Stellarium)

O Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) deixa instruções precisas, para os curiosos que queiram observar o cometa Pan-STARRS .

Tendo em conta a previsão do estado do tempo, disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, os melhores dias para tentar vislumbrar o Cometa Pan-STARRS (C/2011 L4) em Portugal Continental parecem ser entre os dias 13 e 15 de março, quarta e sexta-feira. No entanto, explica o CAUP, “encontrá-lo pode não ser tarefa muito fácil, pois o cometa está bem baixo, e na direção do Sol, quando o Sol se está a pôr”.

Assim, para encontrar este cometa, os astrónomos da Universidade do Porto aconselham que se procure “uma pequena mancha no halo do pôr-do-Sol”. Se não for possível a visualização a olho nu, podem ser usados binóculos ou um pequeno telescópio – observando as necessárias recomendações de segurança, uma vez que olhar diretamente para o Sol através de binóculos ou telescópio pode causar cegueira instantânea. Na quarta-feira, dia 13 de março, o fino crescente da Lua pode ser usado como referência, uma vez que estará pouco acima do cometa.

Para os residentes nos Arquipélagos da Madeira e dos Açores não deverá ser possível a visualização deste Pan-STARRS, dado a previsão de mau tempo. Para eles, o CAUP recomenda que se preparam para a passagem C/2012 S1 (ISON), o final de novembro.