Chama-se “Outros Retratos e Auto-retratos”, consiste num projeto fotográfico de Renato Roque que integra o conjunto de iniciativas “Olha e Vê. Sente e Vive”, e foi inaugurado no passado 14 de novembro, na Sala de Exposições da Biblioteca da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

Esta exposição foi concebida a partir de imagens da retina humana (utilizadas para a deteção de retinopatia diabética) obtidas no contexto do projeto SCREEN-DR, liderado por Aurélio Campilho. professor catedrático da FEUP e coordenador do Centro de Investigação em Engenharia Biomédica  (C-BER) do INESC TEC.

À semelhança de uma impressão digital, cada imagem da retina constitui um traço biométrico, facto que sugeriu o foco do trabalho – a questão da identidade. Apoiado nesta ideia, foi criado o projeto fotográfico com estes ‘retratos’ de colaboradores do INESC TEC e com ‘auto-retratos’ do autor.

Durante o período da exposição, investigadores alocados ao projeto SCREEN-DR vão passar pela Biblitoeca da FEUP – às segundas, quartas e sextas-feiras, entre as 13h00 e as 14h30, na sala anexa à área de exposições – com o objetivo de adquirir novas imagens do fundo ocular de quem manifestar interesse. Essas imagens e correspondentes resultados de processamento serão depois cedidas ao próprio retratado.

Além da exposição, o programa inclui também duas palestras, também na Biblioteca da FEUP: ‘A Medicina do Futuro’, agendada para o dia 22 de novembro, às 12h45, que conta com Constantino Sakellarides, Professor Jubilado da Escola Nacional de Saúde Pública como orador e ‘A Inteligência Artificial e Aprendizagem Computacional em Imagiologia Médica’, a realizar-se no dia 11 de dezembro, às 17h00, palestra que conta com as intervenções de Mário de Figueiredo (Instituto Superior Técnico, IT – Instituto de Telecomunicações) e Aurélio Campilho.

Com entrada livre, a exposição “Outros Retratos e Auto-retratos” ficará patente ao público até 13 de dezembro e poderá ser visitada nos dias úteis, das 8h30 às 19h30.

Mais informações através do e-mail agora@fe.up.pt.

Sobre o SCREEN-DR

O projeto de investigação SCREEN-DR tem como objetivo a criação de uma plataforma computacional para auxiliar os oftalmologistas em todo o processo de rastreio e disgnóstico da retinopatia diabética.

Baseada em tecnologias de inteligência artificial, esta plataforma permite, não só avaliar a qualidade das imagens da retina, como também detetar as imagens normais e atribuir um grau de severidade às imagens patológicas.

Além do INESC TEC e da FEUP, o projeto SCREEN-DR conta com a participação de Carnegie Mellon University (EUA), Universidade de Aveiro, Administração Regional de Saúde do Norte e a BMD Software, com a colaboração do Centro Hospitalar de São João e a First Medical Solutions.