Adão da Fonseca vence Prémio Mundial de Engenharia Civil

Prémio foi atribuído ao professor da FEUP em “reconhecimento pela relevância dos seus projetos para o bem-estar social e pela sua carreira de engenheiro civil em benefício da sociedade”.

É um dos mais prestigiados prémios mundiais na área da engenharia civil e acaba de ser atribuído a Adão da Fonseca, professor aposentado da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), em “reconhecimento pela relevância dos seus projetos para o bem-estar social e pela sua carreira de engenheiro civil em benefício da sociedade”. O anúncio oficial do vencedor do “Excellence Award for Civil Engineering” teve lugar durante a 13.ª Assembleia Geral do Conselho Mundial dos Engenheiros Civis (WCCE – World Council of Civil Engineers), que decorreu neste mês de setembro em Sucre, na Bolívia.

Apresentada pela Ordem dos Engenheiros de Portugal, a candidatura de Adão da Fonseca é, segundo o próprio, o “reconhecimento mundial da engenharia portuguesa” e premeia “não só a relevância e qualidade dos atos de engenharia praticados, mas também o cumprimento de uma missão de serviço à sociedade que deve caracterizar a atividade dos engenheiros”.

Adão da Fonseca Adão é um dos mais reconhecidos engenheiros civis portugueses. Especialista em estruturas pela Ordem dos Engenheiros, liderou projetos como a Ponte Infante Dom Henrique no Porto, a Ponte Pedro e Inês em Coimbra e o Pavilhão do Conhecimento em Lisboa, entre muitos outros.

Licenciado em Engenharia Civil na Faculdade de Engenharia da U.Porto (1971), fez o doutoramento em Engenharia de Estruturas no Imperial College of Science and Technology, na Universidade de Londres, em 1980. Com um percurso académico desde sempre ligado à FEUP, chegou ao topo da carreira como professor catedrático, tendo sido responsável pela Secção de Estruturas do Departamento de Engenharia Civil.

A sua tese de doutoramento, intitulada “Plastic analysis and synthesis of plates and shells by mathematical programming”, influenciou o seu trabalho como investigador e manifesta-se na conceção de muitas das pontes de cujo projecto foi autor. Os seus projetos mais emblemáticos incluem as cinco pontes que já projetou para o rio Douro, entre o Porto e Gaia, e constituem o seu legado mais significativo: a Ponte Infante Dom Henrique, a ponte pedonal em arco junto à Ponte Luiz I, a concepção da ponte pedonal suspensa entre as Praças da Ribeira e Sandeman, e os projectos da Ponte do Gólgota para rodovia e metro ligeiro e a Ponte de Sto. António para o comboio de alta velocidade.

Adão da Fonseca foi também Presidente e Diretor Técnico da “AFA – Adão da Fonseca e Associados – Consultores de Engenharia, SA – Portugal” de 1985 a 2005 e projetista de pontes e estruturas especiais na “Adão da Fonseca – Engenheiros Consultores, Lda. Portugal”, desde 2006. É Diretor Técnico da “ADEAM – Engenharia e Consultoria, Ltda. – Brasil”, desde 2012, e da Balmond & Adao Consulting, Ltd. – Reino Unido, desde 2016.

O “Excellence Award for Civil Engineering” será entregue na 14.ª Assembleia Geral do WCCE, que terá lugar em Lisboa, em setembro do próximo ano.

Sobre o Prémio

Atribuído pela primeira vez em 2010, durante a 5.ª Assembleia Geral do Conselho Mundial de Engenheiros Civis, o denominado “Jose Medem Civil Engineering Excellence Award” é um galardão  atribuído, de dois em dois anos, a personalidades que se distingam pelas suas contribuições no campo teórico, prático e público da engenharia civil. Os candidatos devem possuir uma considerável experiência profissional, prestígio internacional e importantes contribuições académicas.