Acreditação Internacional dos cursos de Engenharia em debate na FEUP

Três cursos da FEUP já receberam o selo de qualidade do sistema europeu EUR-ACE®

Especialistas de todo o mundo e peritos em matéria de ensino Superior vão estar reunidos de 12 a 13 de novembro, na Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP) com o objetivo de discutir e partilhar experiências na atribuição do selo de qualidade aos cursos de engenharia europeus. O palco será a primeira conferência internacional EUR-ACE® e servirá também para perspetivar o seu desenvolvimento futuro para garantia da formação superior na área de engenharia em toda a Europa.

Promovida pela European Network for Accreditation of Engineering Education (ENAEE), em colaboração com a FEUP e a Ordem dos Engenheiros, esta conferência (ver programa) aborda um assunto que assume particular importância no atual panorama do ensino superior em Portugal. Nesta matéria, a FEUP lançou neste ano de 2012 um processo de qualificação dos seus nove cursos de mestrado integrado e do mestrado em engenharia de minas e geoambiente pelo sistema europeu EUR-ACE®. Três desses cursos, de Engenharia Mecânica, Química e Civil, receberam já o selo de qualidade, estando os restantes sete cursos em fase de avaliação. Prevê-se que todo o processo esteja concluído atá ao fim de fevereiro de 2013.

Esta atribuição da chancela de qualidade EUR-ACE® dará uma maior dimensão europeia aos diplomas da FEUP, o que deverá potenciar uma maior aceitação de engenheiros da FEUP por toda a Europa. Há ainda fortes indicadores que apontam para que o selo de qualidade seja atribuído a todos eles, o que a acontecer poderá colocar a FEUP num patamar inédito ao nível do ensino superior em Portugal.

Na opinião de Sebastião Feyo de Azevedo, diretor da FEUP, este é um dossier estratégico na linha do compromisso assumido pela Faculdade de Engenharia. Entende o professor que “ a avaliação de qualidade com critérios setoriais, neste caso as engenharias, reconhecidos por todos os parceiros a nível europeu, representa uma ação essencial para conseguir um bem fundamental para a cooperação e para o desenvolvimento numa sociedade global – gerar confiança entre os parceiros”.

Posicionar a FEUP  a nível europeu é assim o grande objetivo, num esforço coletivo de toda a comunidade para que os resultados sejam cada vez melhores. Em termos nacionais e no arranque de mais um ano letivo, a FEUP foi a que registou o maior índice de satisfação de procura (candidatos em 1ª opção/nº de vagas). De facto, em média, registam-se quase 2 candidatos em 1ª opção para cada uma das 880 vagas oferecidas pela instituição. No total, os números apontam para mais de 5 mil candidaturas do regime geral a procurar iniciar o seu percurso académico na FEUP, no ano letivo de 2012-2013, tendo sido a única faculdade portuguesa a conseguir preencher todas as vagas disponíveis para a 1ª fase.