À descoberta dos insetos na Casa Andresen

"Insetos em Ordem" desafia os visitantes a identificar a espécie exata do inseto que recebem à entrada.

Com inauguração marcada para esta quarta-feira, dia 10 de outubro, a exposição “Insetos em Ordem” vai ocupar a Casa Andresen (no Jardim Botânico do Porto), propondo a todos os visitantes que sejam “biólogos por uma hora”.

Comissariada pelas biólogas Patrícia Garcia Pereira e Eva Monteiro, “Insetos em Ordem” surge como uma exposição sobre a diversidade de insetos, inserida no programa de divulgação científica “O Mundo na Escola”, uma iniciativa do Ministério da Educação e Ciência que arranca na Universidade do Porto e que pretende aproximar os alunos do ensino básico e secundário dos investigadores e cientistas.

Concebida especialmente para os mais novos, esta exposição é um desafio de identificação das espécies de insetos. À entrada, todos os visitantes recebem um inseto (preservado em resina) e o principal objetivo é identificar a sua espécie exata, através da aplicação dos princípios de taxonomia que são expostos ao longo dos cerca de 600 mque compõem este “Insetos em Ordem”. São 16 ordens diferentes de insetos o que transforma este evento num grande jogo didático e interativo da biodiversidade.

Desenvolvida e exibida em 2010 no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, em Lisboa, “Insetos em Ordem” foi a primeira exposição científica montada em território nacional com direito a crítica por parte da prestigiada revista científica Science.

Patente até ao dia 22 de dezembro, de terça a domingo, das 10 às 17h30, “Insetos em Ordem” tem entrada gratuita para visitas escolares e preços simbólicos (entre 1 e 1,50€) para os restantes visitantes.

  • Professor Eduardo

    Gostei muito da iniciativa e tentarei participar com a minha turma!