Women Summit’17 junta dezenas de mulheres para debater a igualdade de género

Nos próximos dias 7 e 8 de março, Portugal recebe a primeira cimeira da Mulher, que reúne 36 figuras nacionais e internacionais, para debater a igualdade de género. A Women Summit’17 realiza-se no Palácio da Bolsa e vai debater questões da atualidade como “Negócios & Empreendedorismo”, “Política & Sociedade”, “Ciência & Tecnologia” e “Arte e Cultura”. Organizado pela revista portuense ONE WORLD, o evento que assinala o Dia Internacional da Mulher conta com o apoio institucional da Universidade do Porto.

De acordo com os dados do Eurostat, Portugal é o país da União Europeia onde a desigualdade salarial entre homens e mulheres mais aumentou com a crise, contrapondo com a percentagem de 62 por cento de mulheres doutoradas no país.

“A Universidade do Porto está fortemente empenhada na promoção da igualdade de género. Apostamos na excelência do nosso ensino e investigação, bem como na promoção do empreendedorismo, designadamente feminino através de programas como o Connect to Success e os que se desenvolvem no âmbito da RedEmprendia, no sentido de potenciar a igualdade de oportunidades entre mulheres e homens. É por esta razão que desde o primeiro momento assumimos ser parceiros da Women Summit’17, comenta Carlos Melo Brito, pró-reitor da Universidade do Porto.

A Women Summit’17 tem início marcado na noite de terça-feira, dia 7 de março,  através de um jantar e gala de ópera, no Salão Árabe do Palácio da Bolsa. O segundo dia do evento, quarta-feira, dia 8, conta quatro paineis temáticos onde participam 16 oradoras, entre as quais Susana Sargento, cofundadora da startup criada na Universidade do Porto, Veniam, Ana Aragão, arquiteta e ilustradora, Catarina Selada, diretora da Unidade de Cidades da INTELI, Ondina Afonso, presidente do Clube de Produtores do Continente, e Guilhermina Rego, vice-presidente da Câmara Municipal do Porto.

A Women Summit conta com uma comissão de honra composta por 20 personalidades femininas, nomeadamente Ana Pinho, presidente da Fundação de Serralves, Isabel Mota, presidente indigitada da Fundação Calouste Gulbenkian e Manuela Veloso, professora e investigadora em inteligência artificial e robótica na Carnegie Mellon University.

As inscrições para a Women Summit’17 estão abertas e podem ser feitas em https://www.womensummit.pt/.